segunda-feira, 5 de outubro de 2020

Reviravolta: morre homem que levou tiro na praia do Bessa nesse domingo e rapaz que foi preso não é mais suspeito

 

Homem foi levado para o Hospital de Trauma, mas não resistiu (Foto: Walla Santos/ClickPB)

Morreu o homem que levou um tiro na cabeça na praia do Bessa, na tarde desse domingo (4), em João Pessoa. Luan Everton da Silva Evangelista tinha 26 anos e chegou a ser socorrido pelo Samu e levado em estado grave para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, mas não resistiu. Na ocasião, um jovem de 18 anos foi detido como suspeito, mas tudo indica que não foi ele quem cometeu o crime.

De acordo com o delegado Paulo Josafá, que investiga o caso, as informações são de que Luan e esse jovem eram amigos, moram em uma comunidade em Mandacaru, e tinham ido à praia juntos. Também há informações de que Luan faria parte da facção ''Estados Unidos''. Em um determinado momento, pessoas da facção rival ''Okaida'', apareceram na praia e atiraram contra ele.

Acontece que o colega de Luan estava armado e sacou o revólver para revidar. O segurança de um bar da praia, ao vê-lo armado, achou que ele tinha sido o autor dos disparos e conseguiu rendê-lo. O jovem chegou a ser amarrado e espancado pela população e por isso também foi levado ao Hospital de Trauma, mas só teve ferimentos leves. Apesar de afirmar que não foi o autor do homicídio, ele recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma. ''Enquanto estávamos no Hospital de Trauma apurando a história tudo mudou'', disse Paulo Josafá.

O delegado agora procura os homens que teriam iniciado a troca de tiros e pede ajuda da população. ''Se alguém que estava lá na praia viu o que aconteceu, viu algum elemento suspeito, por favor ligue para o 190 ou para o disque-denúncia'', apelou.

Ele afirmou que uma investigação minuciosa será realizada e nenhuma hipótese está descartada. O caso pode se tratar de uma briga entre facções ou uma vingança, já que há informações de que o pai de um dos homens havia sido assassinado em um conflito anterior.

O delegado contou ainda que existiam rumores de que haveria um grande confronto entre facções na noite do domingo devido ao ocorrido e que, por isso, a polícia esteve de plantão a noite toda nos arredores de Mandacaru.

Fonte: Bárbara Wanderley

Matéria retirada do portal ClickPB

Postado por Juarez Neto

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter