terça-feira, 13 de outubro de 2020

Padre Luciano, que foi detido pela guarda municipal no Conde, relata discurso de ódio contra ele e pede afastamento da paróquia

 

Padre Luciano vai se afastar da paróquia (Foto: Reprodução)

O padre Luciano, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, localizada no Conde, na Grande João Pessoa, pediu afastamento das atividades. Ele contou que está sendo hostilizado desde que foi detido pela guarda municipal ao mandar pintar o cruzeiro que fica em frente à igreja.

''Diante de toda a situação e buscando me resguardar, solicitei a Arquidiocese um afastamento provisório da Paróquia, pois temo por minha integridade física, uma vez que eu estou sendo hostilizado por meio de discursos de ódio e ataques verbais dirigidos a mim através de redes sociais'', escreveu o padre nas redes sociais.

Ele ressaltou, porém, que todos os procedimentos para investigar o caso serão mantidos. ''A referida salvaguarda de minha integridade física em nada prejudica todos os procedimentos administrativos, policiais e judiciais sobre os lamentáveis fatos ocorridos, inclusive a respeito de qualquer tipo de ameaça decorrente de posicionamentos divergentes e lamentáveis''.

Fonte: Bárbara Wanderley

Matéria retirada do portal ClickPB

Postado por Juarez Neto


Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter