sábado, 17 de outubro de 2020

Integrante do Backstreet Boys está longe das drogas e participa de reuniões

 


Foto: Reprodução/Instagram

Um dos integrantes do grupo Backstreet Boys, AJ McLean, revelou nesta sexta-feira (16) que o vício em cocaína teve início durante gravação do clipe de “The Call, em 2000. “Foi a primeira vez que eu experimentei, porque a gravação aconteceu tarde da noite. Eu estava com um ‘amigo’ — que claramente não é mais meu amigo — e ele me ofereceu. Eu disse não, mas depois vacilei e experimentei.”, contou.

O artista chegou a revelar que usava droga para a equipe de maquiagem e produção. Eles o orientaram a não falar nada para ninguém. O cantor admitiu que escondeu, por um ano e meio, o vício de amigos e familiares recomendaram que ele não falasse para ninguém.

Mas em julho de 2001, AJ McLean foi convencido pelos outros integrantes do Backstreet Boys a se internar em uma clínica de reabilitação. Ele não quis de início. Com o passar do tempo, achou que seria melhor. “A parte mais importante dessa conversa foi o que o Kevin [Richardson] disse para mim: se eu continuasse usando, ele disse ‘eu nunca mais vou confiar em você. Você estará morto para mim’.”

No entanto, AJ passou quase 20 anos alternando entre momentos de sobriedade e recaídas. Tudo mudou no dia 9 de dezembro de 2019, quando ele voltou de uma viagem para Las Vegas.

Antes mesmo de entrar no avião, eu já tinha um plano completo. Eu sabia onde conseguiria drogas. Sabia onde ficaria bêbado. Eu sabia de tudo e pensei ‘certo, é só uma noite. Desde que eu não ultrapasse um certo horário e não fique com cheiro de bebida, eu posso ter essa última festa e depois voltar para casa. Minha esposa não vai saber, tudo vai ficar bem.’ Mas nunca funciona assim. Ele acabou perdendo dois voos para casa e, quando chegou, sua esposa Rochelle sentiu o cheiro da bebida. Eles têm um trato: quando ele está fedendo a álcool, não pode ficar perto das crianças. “O que realmente me afetou foi o momento em que minha filha mais nova, Lyric, disse para mim ‘Você não está com o cheiro do papai’. Quando ela disse isso, acabou. Foi o suficiente. Eu me senti nojento.”

AJ está sóbrio desde então. Durante a pandemia, participou de reuniões diárias dos Alcoólicos Anônimos, e diz que finalmente se sente bem sobre si mesmo.

Paraiba.com.br 

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter