quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Opinião: preterido da disputa em CG, Tovar adota indiferença digital e pouco se mobiliza em prol da campanha de Bruno

 


Tovar tentou, lutou, conversou, insistiu, mas acabou sendo preterido da disputa pela prefeitura de Campina Grande, nas eleições municipais desse ano. Na convenção que homologou o nome do ex-deputado Bruno Cunha Lima (PSD) candidato, marcou presença, mas, desde então, pouco tem sido suas aparições nas redes sociais para defender o nome do escolhido.

Assim como o ex-senador Cássio Cunha Lima, o deputado Tovar, que também é tucano, tem adotado uma postura virtual (na internet) de indiferença com a campanha. Faltam postagens, pedidos de votos e, sobretudo, engajamento midiático!

Com mais de 30 mil seguidores só no Instagram, Tovar fala sobre seus pleitos como parlamentar, suas cobranças, sua família, seu dia a dia, mas não sobre Bruno ou sobre a campanha.

É indiferente a Bruno, mas não a Bolsonaro.

Assim como diversos políticos, Tovar também quer tirar uma casquinha da popularidade do presidente, tanto é que marcou presença em Coremas, na agenda presidencial, e fez questão de na última quinta-feira postar um #tbt de uma foto ao lado do chefe do executivo.

O tucano esquece que a política é feita não apenas de gratidão, mas de consideração. Na roda gigante da política, um dia estamos em cima, outro estamos em baixo e nesse cenário a lei do retorno se mostra como a ideia de que cada ação que fazemos gera uma reviravolta a nós mesmos. Em suma, se acredita que existe um mecanismo compensatório para equilibrar nossas ações em sociedade e no universo. Quem confia na lei do retorno não se vinga, apenas deixa a vida cobrar.

 

Fonte: Márcia Dias - PB Agora

Matéria retirada do portal PB Agora

Postado por Juarez Neto


Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter