quinta-feira, 23 de julho de 2020

Motociclista é atingido por linha de pipa em CG

Foto: Reprodução

Foto ilustrativa: Reprodução

“Eu escapei por pouco”, disse o motociclista atingido por uma linha de pipa com cerol nas imediações do ginásio “O Meninão”, em Campina Grande, no Agreste paraibano.

De acordo com o relato da vítima, veiculado na Rádio CBN, ele estava indo trabalhar quando a linha o atingiu.

“Quando cheguei ali em frente ao Meninão, naqueles campos, estavam soltando pipa, a linha estava esticada e eu não vi, quando passei pegou no meu pescoço”, lamentou.

As linhas de pipa envolvidas com o cerol, comumente feito com uma mistura de cola de sapateiro com vidro moído, são proibidas na Paraíba por uma lei de 2013.

O tenente Gláucio Costa, da CPTran, explicou, também durante entrevista à CBN, que as pessoas flagradas utilizando o cerol podem ser multadas em até R$ 2.500.

Além da multa, outras sanções podem ser aplicadas, caso a prática vitimize outra pessoa, ou até mesmo animal.

O tenente disse ainda que o indivíduo que comercializa o cerol também pode ser punido.

Contudo, Gláucio lembrou que o uso da pipa em si, com linha de algodão é permitido, claro que em espaços abertos, com poucas pessoas e fiação elétrica.

Já em relação às fiscalizações, ele frisou que elas estão ocorrendo e que inicialmente estão realizando um trabalho de conscientização, mas, se há incidência, o cidadão ou o responsável pode ser conduzido à delegacia.

As pessoas que identificarem a prática e quiserem denunciar, segundo o representante da CPTran, podem fazê-lo através do próprio 190.

“Entrando em contato com o 190, uma equipe irá se deslocar ao devido local”, finalizou.


PARAIBA.COM.BR

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter