sexta-feira, 12 de junho de 2020

Eduardo denuncia ‘hospitais da morte’ e cobra redução no índice de letalidade de até 72% em JP

Deputado Eduardo Carneiro (Foto: Divulgação)

O deputado estadual, Eduardo Carneiro (PRTB), denunciou, nesta sexta-feira (12), os altos índice de mortalidade entre os pacientes com covid em hospitais da prefeitura de João Pessoa.
Segundo o parlamentar, os dados são alarmantes e revelam que 2 em cada 3 pessoas morrem após dar entrada nas UTIs dos hospitais da rede municipal de saúde podem chegar até 72%.
Os dados alarmantes constam em um relatório elaborado pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB).
De acordo com Eduardo, o índice de mortalidade nos hospitais inaugurados por Cartaxo para combater o coronavírus são preocupantes. O deputado criticou o descaso com vidas humanas nessas unidades, mesmo com todos os milhões em recursos e equipamentos médicos repassados pelo Governo Federal.
Ele lembrou que só no último dia 9, foi publicada no Semanário da Prefeitura uma suplementação de mais de R$ 10 milhões para o combate à covid na cidade. “A prefeitura não vem dando a devida resposta para salvar vidas. São dados extremamente preocupantes, pois como pode ser aceitável uma realidade que em cada 3 pessoas que dão entrada na UTI 2 virem a óbito?”, questionou.
Segundo o deputado a constatação dos indícios foi exposta em uma live realizada por ele na última semana com a participação de um representante do CRM, que realizou fiscalização nos hospitais públicos de combate a covid na Capital.
Eduardo lembrou que também foi constatada a inexistência de tomógrafos nos hospitais de Cartaxo. “Cartaxo é inoperante na saúde e um desastre na economia de João Pessoa. O prefeito inaugurou um novo tempo para a população carente de João Pessoa, o ‘Hospital da Morte’ e a fila dos desempregados pela incapacidade de retomar a economia da capital, causando um índices nunca vistos na nossa cidade”, criticou.
Eduardo disse ainda que enviou ofício ao Ministério da Saúde com o relatório completo do CRM sobre o caos que vive a saúde de João Pessoa no combate ao coronavírus e aos órgãos de controle, a exemplo do Ministério Público Federal (MPF). “Vamos ingressar com ação civil pública contra a Prefeitura de João Pessoa e aguardamos a responsabilização por tantos mau feitos da gestão Cartaxo”, arrematou.
A reportagem tentou manter contato com a Prefeitura de João Pessoa e a Secretaria de Saúde do município, mas não obteve sucesso até o fechamento desta matéria.

Fonte: Redação Paraíba.com.br

Matéria retirada do portal Paraíba.com.br
Postado por Juarez Neto

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter