sábado, 9 de maio de 2020

Profissionais de saúde relatam angústia por distanciamento de familiares

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Os profissionais de saúde têm trabalhado na linha de frente no combate ao novo Coronavírus e toda a realidade da pandemia acaba causando distanciamento dos familiares e cuidados redobrados dentro e fora de casa.
O fisioterapeuta Arthur Quirino afirmou que sua rotina tem sido chegar ao hospital às 07h e sair às 07h do outro dia, atendendo os pacientes que precisam de cuidados.
Segundo Arthur, muitas vezes quando volta para casa não pode ter contato com sua família. Ele citou que a utilização dos equipamentos de proteção individual, apesar de essencial, é desgastante e atrapalha na respiração.
– Precisamos atender os nossos pacientes. Passamos pelo menos doze horas paramentados com todos os nossos equipamentos que nos protegem e nos desgastam – colocou.
A principal forma de contágio do novo Coronavírus é o contato com uma pessoa infectada. A técnica de enfermagem Damiana Alves afirmou que ficou 13 dias em quarentena sem manter contato com sua filha de três anos e seu marido.
Segundo Damiana, foram dias angustiantes, onde o psicológico foi fortemente afetado por pensamentos negativos. Ela citou que mesmo após o resultado negativo para a Covid-19 seguiu sentindo dores de cabeça e no corpo e descobriu que se tratava da pressão alta.
– É muito angustiante e tudo acontece. Você pensa que vai morrer, mas eu orava muito à Deus. Quando o teste deu negativo foi um alívio muito grande. Eu estava fazendo nebulização três vezes ao dia, tomando chá de camomila e Dipirona – disse.
A psicóloga Josiplesses Marques afirmou, durante entrevista à Rádio Caturité FM, que os profissionais de saúde precisam ressignificar e deixar claro para a família o porquê da não aproximação, frisando que é uma fase temporária. Ela destacou que as pessoas precisam utilizar a tecnologia para poder demonstrar afeto e manter as conexões com os familiares neste momento de pandemia.
– Nesse contexto de isolamento fazer o enfrentamento de maneira consciente é protetivo e uma forma de amar as pessoas que estão dentro de casa – pontuou.

PARAIBA ONLINE

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter