domingo, 24 de maio de 2020

Devido ao isolamento social, doações de sangue caem 60% em Campina Grande

Foto: Paraibaonline
Foto: Paraibaonline
De 150 atendimentos por dia, devido à pandemia do novo coronavírus, o Hemocentro de Campina Grande tem recebido apenas 70 pessoas para realizar doação de sangue. Apesar disso, esta é uma média bem otimista, segundo a diretora Elília Pombo.
Se não bastasse, o sangue com fator RH negativo, que já é mais raro para coleta, também está com os estoques aquém do esperado.
À Rádio Campina FM, ela contou que devido o decreto de isolamento social e não aglomeração, tem recebido poucas pessoas para realização de doação de sangue e que, para poder realizar o procedimento, é necessário agendar.
Os estoques estão baixos e preocupam o banco de sangue.
– Os sangues de fator RH negativo são raros e podemos dizer que estamos com estoque crítico e abaixo do que realmente temos que ter. Porém a queda no número de doações é vista em todos os outros tipos. Estamos apenas com 60% do número de doações. Antes tínhamos uma média de 150 por dia, e hoje quando chega a 70 doações, nós comemoramos. Sabemos que o momento é crítico, que envolve saúde pública, mas nós sentimos muito essa ausência e temos que apelar e pedir às pessoas que, se for sai de casa que saiam para doar sangue, e isso sim é uma boa justificativa – apelou.
Elília ressaltou que as doações ocorrem por meio de agendamento, através do número de whatsapp: 3344 -5475 ou pelo site: hemocentro.saude.gov.pb.br/agenda.

PARAIBA ONLINE

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter