sexta-feira, 8 de maio de 2020

60 venezuelanos farão testes rápidos para detecção da Covid-19 em Campina Grande

O grupo fugiu da Venezuela, por conta da crise econômica e tensão política. A comunidade está acolhida no Serviço de Convivência e Fortalecimento dos Vínculos (SCFV) , na Avenida Portugal, 1739, no bairro de Bodocongó. (Foto: reprodução)
Testes rápidos de detecção da Covid-19 foram realizados na tarde desta quinta-feira  (7) em 60 venezuelanos que chegaram em Campina nos últimos meses. Eles também foram vacinados contra a gripe H1N1.
O grupo fugiu da Venezuela, por conta da crise econômica e tensão política. A comunidade está acolhida no Serviço de Convivência e Fortalecimento dos Vínculos (SCFV) , na Avenida Portugal, 1739, no bairro de Bodocongó.
Nos próximos dias, será inaugurado o centro de acolhimento à comunidade venezuelana em Campina Grande. O prédio da Escola Municipal Sérgio de Almeida, no bairro do Jeremias, foi adaptado pela Semas para acolher o grupo de venezuelanos em situação de fragilidade social.

CLICKPB

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter