quarta-feira, 29 de abril de 2020

Covid-19: Defensoria Pública ajuíza ação contra bancos de Campina Grande

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil [ilustrativa]
Em meio aos casos de descumprimento das medidas indicadas pelos profissionais da Saúde, devido ao avanço do coronavírus no mundo, a Defensoria Pública da Paraíba ajuizou uma ação civil pública, junto à Primeira Vara Cível da Comarca de Campina Grande, contra as agências bancárias do Itaú, Banco do Brasil e Santander.
O defensor público Marcel Jopling explicou, durante entrevista à Rádio CBN, que a medida foi tomada após observar a formação de aglomerações do lado externo das agências, fazendo com que a saúde das pessoas seja colocada em risco em filas que não respeitam o limite mínimo de 1,5 metros de distância.
“Por causa disso, e de várias notícias veiculadas na imprensa, nós expedimos recomendações, tentamos resolver sem precisar do poder Judiciário. Mas, como poucas instituições financeiras responderam, ajuizamos essa ação para que as outras instituições adotem as medidas pertinentes para reduzir, ou ao menos minimizar essas aglomerações”, completou.
De acordo com ele, dentre as recomendações direcionadas aos bancos estavam a fiscalização permanente e orientação aos consumidores, a disponibilização de itens indispensáveis de higiene, como álcool em gel, tanto na entrada quando na saída das agências, além da criação de um horário diferenciado para as pessoas que estão no grupo de risco da Covid-19, como idosos e gestantes.
“Essa ação está em trâmite na Primeira Vara Cível da Comarca de Campina Grande e aguardamos que brevemente seja proferida uma decisão”, finalizou.

PARAIBA ONLINE

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter