quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

MPF recorre da decisão que absolveu parcialmente dois acusados da Operação Famintos

MPF de Campina Grande entrou com recurso (Foto: Reprodução)
O Ministério Público Federal (MPF) recorreu de parte da decisão que condenou os 16 denunciados do núcleo empresarial pela ‘Operação Famintos’. O recurso, apresentado ao Tribunal Regional Federal (TRF5), pede que a decisão seja complementada no caso dos empresários Luiz Carlos Ferreira de Brito Lira e Ângelo Felizardo do Nascimento.
Luiz Carlos foi condenado a 14 anos e 4 meses, mas os procuradores pedem que ele também seja condenado pelo crime de organização criminosa, do qual havia sido absolvido.
Já Ângelo Felizardo foi condenado a 18 anos e 2 meses, mas o MPF entende que ele deve ser também enquadrado por atrapalhar a investigação de infração penal envolvendo organização criminosa.
Em ambos os casos, a pena varia de 3 a 8 anos, além de pagamento de multa.

CLICKPB

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter