terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Ney Suassuna é alvo de busca e apreensão

(Arquivo)
O ex-senador Ney Suassuna foi alvo de mandado de busca e apreensão, na manhã terça-feira (17), na mega fase da Operação Calvário denominada de ‘Juízo Final’. Policiais federais cumpriram os mandados em endereços do paraibano no Rio de Janeiro.
De acordo com as investigações, Ney Suassuna, na condição de ex-senador, guarda fortes vínculos políticos no Estado da Paraíba e, em decorrência disso, teria sido o responsável pela internacionalização das operações de Daniel Gomes, operador do esquema de corrupção de desvios de recursos públicos.
Ney seria o responsável por apresentar Daniel Gomes ao ex-governador Ricardo Coutinho, que foi preso durante a operação.
Ao todo, são cumpridos 18 mandados de prisão preventiva e 45 de busca e apreensão nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Bananeiras, Taperoá, Goiânia, Parnamirim, Natal, Curitiba e Niterói. Participam da operação 350 policiais federais, 30 servidores da CGU, 6 Promotores de Justiça e 34 servidores do Gaeco.
Os crimes investigados são relativos à fraude licitatória, falsificação de documentos, corrupções ativa e passiva, lavagem de dinheiro, entre outros.
MaisPB

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter