quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Prefeitura de Sumé promove roda de conversa sobre empreendedorismo de mulher


A Prefeitura de Sumé, por meio da Secretaria de Assistência Social, realizou na última quinta-feira (25), no auditório da Secretaria Municipal de Educação, um encontro com mulheres sumeenses para falar sobre a linha de crédito Empreender Mulher do Governo do Estado da Paraíba. Trata-se de um programa de concessão de crédito destinado a mulheres que se encontram em situação de violência ou vulnerabilidade social, cujo o objetivo é gerar ocupação e renda. 71 mulheres do município de Sumé interessadas no assunto compareceram ao evento.
Na ocasião, a gerente operacional de enfrentamento à pobreza da Secretaria Estadual da Mulher e da Diversidade Humana, Maria Auxiliadora, falou sobre Empreendedorismo Feminino e quais os critérios para ter acesso a linha de crédito do Empreender Mulher. Ela destacou também a iniciativa da Prefeitura de Sumé em apoiar ações como essa em que fortalece a economia solidária entre mulheres vítimas de violência doméstica que precisam do empoderamento e autonomia financeira para criar força e poder sair da situação de vulnerabilidade social.
Desde que assumiu a gestão municipal, o prefeito Éden Duarte, tem investido no atendimento em rede das mulheres, principalmente as que sofrem de violência doméstica. Através do Centro de Referência Intermunicipal Maria Eliane Pereira dos Anjos, por exemplo, as mulheres de Sumé e do Cariri são atendidas por assistente social, psicóloga e advogada e contam com diversas outras ações que visem a melhoria da qualidade de vida delas.
Auxiliadora frisou ainda que o Empreender Mulher é um empréstimo e não um benefício. “É uma linha de crédito com valores que variam entre R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) a R$ 15.000,00 (quinze mil reais), com taxas de juros de 0,50% a.m., direcionada às mulheres com vocação empreendedora e que tenham vontade de gerir o seu próprio negócio”, afirmou.
Conforme as regras do programa, as mulheres que manifestaram interesse pelo crédito, durante a roda de conversa, terão que aguardar a avaliação da equipe técnica do programa. Assim que sair o resultado, os aprovados passarão por um processo de capacitação, plano de negócio e assinatura do contrato.

Fonte: VITRINE DO CARIRI
Matéria retirada do portal VITRINE DO CARIRI
Postado por Juarez Neto

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter