segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Em 13 anos, 75 servidores foram expulsos de órgãos federais na PB


Universidade Federal da Paraíba

De 2003 até 2019, 75 pessoas foram expulsas da administração pública federal, na Paraíba. Os servidores pertenciam a dez órgãos e tinham cargos efetivos, que iam desde médicos até assistentes em administração.
De acordo com o levantamento feito pelo Portal MaisPB junto ao Portal da Transparência, além de demissões, alguns efetivos também foram punidos com cassação de aposentadorias.  Os fundamentos legais para as sanções incluem abandono de cargo, improbidade administrativa, valer-se do cargo para lograr êxito pessoal e acumulação ilegal de cargos.
Foram demitidos servidores da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Ministério da Saúde, Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Receita Federal, Polícia Rodoviária Federal, Fundação Nacional da Saúde, Polícia Federal e Ministério da Economia.
O INSS foi o órgão que demitiu 24 servidores, sendo o líder do ranking, seguido pelo Ministério da Economia, que expulsou 13 e a UFCG e UFPB, com nove e 8 sanções, respectivamente. A Polícia Federal desvinculou apenas dois agentes, sendo a instituição, das que constam no levantamento, que fez menos intervenções nesse sentido.
MaisPB
Postado por Anne Maracajá

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter