terça-feira, 22 de outubro de 2019

Cendac lança campanha de combate à violência contra a mulher

http://paraiba.com.br/site/wp-content/uploads/2019/06/

Reprodução

Com o objetivo de conscientizar a comunidade escolar e a sociedade em geral para o combate à violência contra a mulher na Paraíba, o Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac) lança nesta quarta-feira (23), às 10h, a campanha educativa “Por todas elas e por nós também”. O lançamento contará com a palestra do ex-vice-procurador geral da República, Luciano Mariz Maia, e da advogada e presidente da Comissão de Combate à Violência e Impunidade contra a Mulher da OAB/PB, Izabelle Ramalho. O evento acontece na sede da OAB/PB, na rua Rodrigues de Aquino, s/n, Centro da Capital.

A campanha faz parte do projeto “Ampliando o diálogo sobre violência de gênero através de novos olhares na Educação”, que o Cendac vem realizando em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia, em 30 escolas da rede estadual de ensino da Paraíba, onde são debatidos com alunas e alunos temáticas relacionadas à violência de gênero, racismo, LGBTfobia e cultura de paz.

“Acreditamos que a educação é o caminho chave para o combate à violência contra a mulher. Estamos vendo resultados muito positivos com todas as escolas que fazem parte do projeto. Os jovens participam e buscam junto conosco soluções para o enfrentamento à violência, que é algo complexo e requer a participação de toda a sociedade”, afirma a presidente do Cendac, Valquíria Alencar.

A campanha idealizada pelo Cendac tem como peças de divulgação cartazes, panfletos, folders e banners e será divulgada também em redes de supermercado, como o Bem Mais e o Extra, e em farmácias, como a Drogarias Globo e Pague Menos. A OAB-PB e a Rede Sororidade também são parceiras da campanha.

O projeto “Ampliando o diálogo sobre violência de gênero através de novos olhares na Educação” é realizado nas cidades de João Pessoa, Santa Rita, Sobrado, Conde, Sapé, Patos, Campina Grande, Cabaceiras, Boa Vista e Queimadas e vem alcançado resultados satisfatórios com a participação dos estudantes, professoras, gestores e moradores dos bairros onde estão localizadas as escolas. Cada escola formou uma Comissão de Enfrentamento à Violência contra Mulher, e realizam ações de conscientização no combate à violência contra a mulher.

A valorização da história e luta das mulheres brasileiras é uma das etapas do projeto. O Cendac, junto com as comissões de estudantes, está organizando a II Mostra Mulheres Inspiradoras, que vai apresentar a contribuição de mulheres nas Artes, na Política, na Cultura, nas Ciências, Tecnologia, entre outros setores. A presidente do Cendac, Valquíria Alencar, defende que a partir deste conhecimento, os estudantes podem compreender melhor a trajetória de vida de cada uma delas, e assim, respeitar a vida das mulheres. Uma das atividades realizadas pelas comissões foi a oficina de produção literária, em que os alunos produziram uma redação sobre os livros que leram sobre algumas mulheres que eles escolheram. A escritora Maria Valéria Rezende foi uma delas e esteve com estudantes das escolas integrais João Vinagre e Ilza Ribeiro, no Conde, e Francisca Ascensão Cunha, em João Pessoa, conversando sobre a sua vida e criação literária, que lhe rendeu alguns prêmios como o Jabuti.

Secom-PB

Matéria retirada do portal Paraiba.com.br
Postado por Anne Maracajá

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter