Secretários de Administração e Educação de CG renunciam cargos


Prefeitura Municipal de Campina Grande - Foto: Secom-CG

O secretário de Administração Paulo Roberto Diniz e a secretária de Educação, Iolanda Barbosa, renunciaram os cargos na tarde desta sexta-feira (26) após serem alvos de investigação por suspeita de envolvimento em esquema de fraudes em licitações da administração municipal.
Em nota, a PMCG informou que o prefeito Romero Rodrigues acatou os pedidos para que os auxiliares se dediquem às suas defesas.
A secretaria de Educação está, de forma interina, sob o comando do auxiliar Gildo Silveira, que deve manter o ritmo da pasta e atender as demandas necessárias. Romero afirmou ainda estar avaliando quem comandará a secretaria de Administração.
O prefeito ressaltou sua convicção na inocência dos ex-secretários e agradeceu aos serviços prestados por eles durante sua gestão “com excelência no desempenho, dedicação extrema e resultados objetivos inquestionáveis”.
Mais cedo, o gestor anunciou a designação de um grupo de auditores do quadro efetivo da Prefeitura para acompanhar de perto processos licitatórios na origem, e recomendou à equipe agilidade para que, em sintonia com o Ministério Público Federal (MPF), sejam adotadas medidas emergenciais para que o fornecimento da merenda escolar para mais de 160 unidades escolares e creches de Campina Grande não sofra um colapso já na próxima semana, levando em conta a limitação nos estoques.
A Operação Famintos, desencadeada em conjunto por Polícia Federal, Ministério Público Federal e Controladoria-Geral da União (CGU), prendeu a secretária de Educação do município, Iolanda Barbosa, e afastou o secretário de Administração, Paulo Roberto.
Fonte: MaisPB
Postado por Anne Maracajá