segunda-feira, 4 de março de 2019

Policiais militares são afastados após quebrarem braço de petista em delegacia

Quatro policiais militares foram afastados do serviço de patrulhamento das ruas por eovlvimento na abordagem que causou a quebra do braço esquerdo de um homem neste sábado (3), na delegacia de Atibaia, em São Paulo.
O ouvidor da polícia do estado de São Paulo, Benedito Mariano, confirmou o afastamento dos oficiais.
"Eles ficarão afastados até a conclusão da investigação", explicou.
A gravação mostra que a quebra do braço do homem foi resultado do uso excessivo da força por parte dos policiais militares. Assista abaixo.

Geovani Leonardo Doratiotto da Silva, advogado e dirigente do PT, foi algemado e levado ao posto policial após discutir com apoiadores do presidente Jair Bolsonaro durante o carnaval em Atibaia.
Na delegacia, o petista criticou a abordagem dos PMs. Durante o bate-boca, Doratiotto é agarrado por três pessoas e um dos PMs puxa o braço esquerdo dele. Um estalo é ouvido e uma das pessoas no lugar diz: "Quebrou o braço."
Foto: Reprodução
Fonte: Redação ClickPB
Postado por Juarez Neto

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter