sexta-feira, 22 de março de 2019

Caso GEO: audiência com testemunhas começa a portas fechadas

A audiência onde serão ouvidas testemunhas do caso do estupro de uma criança dentro do colégio Geo Tambaú foi iniciada com portas fechadas, na manhã desta sexta-feira (22), na Vara da Infância de Juventude de João Pessoa. Até uma cortina vermelha foi colocada na porta de entrada e a imprensa na teve acesso ao prédio da Justiça.
Advogado de dois dos três adolescente que estão sendo apontados como participantes dos abusos contra um menino de oito anos conversou com o Portal MaisPB e disse esperar que os seus clientes sejam inocentados.
“Hoje será o primeiro passo em que a verdade virá ao processo e que todas essas máculas, ofensas e inverdades serão destruídas”, disse o advogado Aécio Farias que faz a defesa de um dos suspeitos.
Entre as testemunhas de defesa estão outros adolescentes da escola que estudam com os acusados. Ele destacou que não pode se aprofundar sobre os fatos já que o processo tramita em segredo de justiça. “O laudo sexológico deu negativo. As testemunhas que virão hoje gritarão em uma só voz que isso não ocorreu.
Fonte: Roberto Targino e Albemar Santos – MaisPB
Postado por Juarez Neto

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter