sábado, 2 de fevereiro de 2019

Toffoli anula decisão e determina voto secreto no Senado

O ministro do Supremo Tribunal Federal  (STF), Dias Toffoli, determinou na madrugada deste sábado (02) que a eleição para Presidência do Senado aconteça por meio de voto secreto. O pedido veio dos partidos Solidariedade e MDB, e beneficia a eleição de Renan Calheiros.
O novo comando será definido neste sábado, já que foi a decisão que seria na sexta (01) foi adiada após haver tumulto e discussões entre os senadores. A votação que determinou o voto aberto havia sido conduzida pelo senador Davi Alcolumbre (DEM).
O senador paraibano José Maranhão (MDB) irá presidir os trabalhos neste sábado.
“Defiro o pedido, de modo que as eleições para os membros da Mesa Diretora do Senado Federal sejam realizadas por escrutínio secreto. Por conseguinte, declaro a nulidade do processo de votação da questão de ordem submetida ao Plenário pelo Senador da República Davi Alcolumbre, a respeito da forma de votação para os cargos da Mesa Diretora. Comunique-se, com urgência, por meio expedito, o senador da República José Maranhão, que, conforme anunciado publicamente, presidirá os trabalhos”, diz a decisão.
Fonte: MaisPB
Postado por Juarez Neto

Nenhum comentário:
Write Comments

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter