terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Sócio da empresa que administra São João de CG é preso; Romero analisará

O sócio da Aliança além de outras duas pessoas ligadas à empresa, responsável pela realização do Maior São João do Mundo em Campina Grande, foram presos nesta terça-feira (19) na operação ‘Fantoche’, da Polícia Federal. As investigações mostraram que a Aliança é a principal empresa beneficiada com os supostos desvios de recursos públicos através de contratos celebrados com o Sesi.
Em entrevista ao Arapuan Verdade, da Arapuan FM, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), afirmou que vê com serenidade e sabedoria a ação que teve com um dos alvos a Aliança. Ele ressalta que desde que assumiu o Executivo municipal não recebeu qualquer quantia do Ministério do Turismo.
“Esse tipo de evento que está configurado nessa investigação, nesse modelo, nós não recebemos absolutamente nada. Inclusive eu rejeitei esse tipo de evento porque era um recurso que era questionada a utilização em muitos municípios brasileiros, inclusive com devolução de recursos”, explicou.
Romero destacou que a investigação abrange supostos desvio de recursos nos anos de 2002 a 2010, quando ele ainda era deputado estadual. “A gente não pode sair atirando pedra em quem quer que seja. A empresa Aliança prestou um bom serviço ao São de Campina Grande e a cidade. Tanto é que o evento cresceu bastante” avaliou.
Licenciado das funções, Romero acrescentou que ao reassumir a Prefeitura irá analisar o caso e não tomará qualquer decisão sem antes consultar o Tribunal de Contas da União. “Com serenidade vamos dar uma posição em relação ao evento”, garantiu.
Veja nota da Aliança sobre a operação:
A Aliança Comunicação e Cultura reafirma seu compromisso em produzir projetos culturais com conteúdo de altíssima qualidade, e que têm se traduzido em sucesso de público e de crítica por quase 20 anos. Ao longo desse tempo, levamos o que há de melhor no mundo das artes para mais de 10 milhões de brasileiros, em todos os estados da federação e no Distrito Federal, sempre com acesso gratuito. Reforçamos, ainda, que todos os nossos projetos passam por auditorias internas e externas, sem qualquer tipo de restrições quanto a qualidade e a entrega de TODOS os itens contratados. Nesse momento, estamos nos empenhando ao máximo para esclarecer todos os questionamentos levantados pela Polícia Federal. É do nosso maior interesse que tudo seja elucidado o mais rápido possível.
Fonte: MaisPB
Postado por Juarez Neto

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter