terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Polícia prende suspeito de matar ex-esposa com mais de 50 facadas

Foi preso na manhã desta terça-feira (05) o homem suspeito de assassinar a ex-companheira com mais de 50 facadas em Campina Grande. O feminicídio aconteceu na madrugada da última quinta-feira (31) e a motivação seria ciúmes.
De acordo com o delegado Francisco de Assis Silva, o suspeito confessou o crime e disse que assassinou a mulher porque estava se sentindo traído por ela, com quem tinha um filho.
“Ele disse que no dia saiu, bebeu muito e consumiu drogas. Quanto retornou, a mulher já estava pronta pra sair, bem arrumada. Ele pediu para ela não sair e a mulher começou a agredi-lo. Ele pegou a faca e deus os golpes que levaram à morte da vítima”, destacou o delegado.
Ainda segundo o delegado, o suspeito aplicou os 50 golpes de faca porque estava “fora de si” e disse não lembrar do que havia acontecido.
Ednaldo de Araújo Barbosa é conhecido como ‘Nino’ e estava foragido desde o dia do crime. De acordo com informações da Polícia Civil, ele fugiu do local de bicicleta. Foragido, o suspeito passou a dormir em um matagal no Major Veneziano.
A prisão preventiva de Ednaldo foi determinada pela Justiça pelo crime de homicídio. Agora ele deverá seguir para audiência de custódia.
Luciana Burity Ferro morreu na madrugada da última quinta-feira (31), no Hospital de Trauma de Campina Grande, após ser ferida com mais 50 golpes de facas.
De acordo com a Polícia Civil, a vítima tinha se deslocado até a casa da sogra, no bairro Catingueira, para visitar o filho de três anos quando foi surpreendida pelo ex-companheiro, que deu início às agressões.
Luciana Burity havia se separado do suspeito há pelo menos seis meses, justamente por causa de atos de violência que ele teria praticado contra ela.

Fonte: Portal MaisPB
Postado por Anne Maracajá

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter