terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

CPI: base aliada do governo João desconstrói discurso da oposição

Os trabalhos propriamente ditos na Assembleia Legislativa da Paraíba tiveram início nesta terça-feira (19) com os discursos de governistas afinados quando o assunto é a defesa dos Governos Ricardo I e II e da administração João Azevêdo (PSB) no tocante à saúde e as repercussões no âmbito da Operação Calvário, que investiga os contratos da administração estadual com as Organizações Sociais que administram os hospitais no Estado.
Os deputados Hervázio Bezerra, Cida Ramos e Estela Bezerra, todos do PSB, rechaçaram a tentativa da oposição na Paraíba de querer associar a administração da saúde no Estado com os escândalos detectados na gestão do Estado do Rio de Janeiro que apontaram possíveis indícios em outros Estados. 
Estela evitou colocar panos quentes no problema e defendeu a investigação ressaltando que, na Paraíba, os serviços, objetos dos contratos, foram prestados e executados. 
“A investigação deve existir sim, mas o povo da Paraíba e o governo da Paraíba não pode ficar refém de uma oposição irresponsável. O Hospital não pode parar de assistir a quem necessita e o governo, que este tempo inteiro, não pesa sobre ele qualquer tipo de desvio, não pode ser julgado antecipadamente. O que existe na Operação que foi desenvolvido no Rio é um desvio de recursos das OSs com os fornecedores dela mesma, então nós vamos aguardar a investigação, o governador já instaurou intervenção no próprio Trauma e acho que a Paraíba e a classe política devem fazer nesse momento é não ter uma baixa estima. É tratar a coisa pública com transparência, zelo e respeito às instituições”, ressaltou.
Já a deputada Cida Ramos avisou que a bancada governista na Casa vai restabelecer a verdade dos fatos e rebater a tentativa de desconstrução adotada pela oposição para tentar apagar um projeto que foi e é vitorioso no Estado.
“A bancada governista vai restabelecer a verdade dos fatos. O que temos hoje é uma investigação do Ministério Público que diz respeito à Cruz Vermelha do Rio de Janeiro e sua relação com fornecedores e essa discussão veio para a Paraíba. Mas aqui temos a tranquilidade de dizer que o Governo do Estado tem uma superintendência que monitora todo o trabalho da OS  e aqui é uma realidade completamente da do Rio de Janeiro”, asseverou.
O ex-líder do governo, Hervázio Bezerra, também endossou as palavras das colegas socialistas e lembrou que a investigação segue e que, se houver culpados, eles serão responsabilizados. Hervázio ainda classificou como inócuo o pedido de CPI, já que existe uma investigação em curso por parte das autoridades competentes para a investigação, estando a oposição apenas querendo pegar carona na investigação.
“Na verdade é fato que existiu a operação, que tem um ex-auxiliar preso, isso de certa forma nos preocupa, mas eu confio plenamente na isenção dos secretários e do governo. O MP vem fazendo seu trabalho e esse pedido de CPI é totalmente inócuo, porque a oposição quer pegar carona em um trabalho que já está sendo executado pelas autoridades, fazendo aí uma inversão de valores”, arrematou.
Fonte: Márcia Dias, com informações de Eliabe Castor - PB Agora
Postado por Juarez Neto

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter