quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Câmara de Santa Rita bancou rodízio de carnes nobres no Sal e Brasa, segundo TCE

Que vereador tem vida boa em Santa Rita, todo mundo sabe. Assessores e assessoras, gasolina e até a comida do parlamentar é paga pelo contribuinte. E já diz o ditado, quem nunca comeu melado, quando come se lambuza.
Um levantamento disponibilizado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) aponta supostas irregularidades nas contas da Câmara Municipal do Santa Rita.  Segundo informações divulgadas no Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade do Tribunal de Contas (SAGRES), no segundo semestre deste ano a câmara bancou refeições em restaurante de luxo na cidade de João Pessoa. Trata-se do Sal e Brasa, especialista em carnes nobres.
Na sua prestação de contas, aparece que em um único dia a câmara bancou “rodízio de refeições” no valor de R$ 765,99 (setecentos e sessenta e cinco reais e noventa e nove centavos).
Numa pesquisa aberta no Sagres, a Câmara de Santa Rita é a única entidade publica na Paraíba que bancou rodízio de carnes nobres em toda história do restaurante.



Enquanto o cidadão tem que reduzir despesas por conta do arrocho e recessão que o pais atravessa, os vereadores de Santa Rita comem muito bem. E quem paga a conta é você, cidadão Santa-ritense!
A Câmara de Santa Rita é a única entidade publica na Paraíba que bancou com dinheiro público rodízio de carnes nobres em toda história do restaurante Sal e Brasa.
Enviamos no dia 17 deste mês mensagem para presidente da Câmara de Santa Rita, vereador Gustavo, através do telefone 83-9840-8383 e e-mail para contato@cmsantarita.pb.gov.br pedindo informações detalhadas sobre os gastos no Sal e Brasa, mas até a publicação desta coluna não obtivemos qualquer esclarecimento.

Clilson Júnior
Foto: Internet
Fonte: ClickPB
Postado por Juarez Neto

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter