sábado, 3 de novembro de 2018

Procon-PB vai cobrar soluções das empresas por fios soltos após motociclista ser atingido no pescoço

O Procon-PB vai chamar, ainda no começo de novembro para uma nova reunião, as empresas de telefonia e a Energisa para cobrar os resultados sobre o ajuste nos fios soltos. O órgão constatou que havia, pelo menos no Centro de João Pessoa, muita fiação abandonada sem reparo e cuidado corretos. A empresa que não tiver eliminado os fios soltos pode ser multada em pelo menos R$ 9 mil.
A superintendente do Procon-PB, Késsia Liliana, conversou com o ClickPB e disse que foi aberto há cerca de seis meses um procedimento de ofício sobre os casos de fios soltos pela cidade e que foram chamadas as empresas de telefonia e a Energisa para responder sobre a situação. Houve duas reuniões e ficou decidido que elas regularizassem a situação.
Nessa quinta-feira (1º), o ClickPB mostrou que um motociclista ficou enroscado em um fio solto na Avenida Maranhão, no Bairro dos Estados, na Capital. Ele teve uma lesão leve no pescoço. O caso fez a superintendente do Procon-PB decidir por nova reunião com as empresas acionadas no começo deste ano para cobrar o que já foi feito para resolver as situações de fiação irregular.
“Se houve esse acidente com o motociclista, é sinal de que a situação continua do mesmo jeito. Nós já abrimos um procedimento de ofício quando flagramos vários fios soltos, muitos no Centro de João Pessoa. Chamamos todas as empresas de telefonia e a Energisa para que resolvam o problema”, explicou a superintendente, ontem, ao ClickPB.
Késsia Liliana disse, também, que o motociclista atingido pode entrar com reclamação junto ao Procon-PB e até com ação na Justiça contra a empresa responsável pelo fio solto no qual ele ficou enroscado.
CLICKPB

BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter