segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Custo médio para a conquista do voto na PB caiu em relação a 2014


A primeira eleição parlamentar sem o financiamento de empresas mostrou que a busca pelas cadeiras da Assembleia Legislativa foi mais magra na Paraíba, quando comparado com a disputa de 2014, segundo mostra dados do Divulga Cand. O voto este ano custou em média R$ 7,23. No total, as despesas estaduais dos parlamentares eleitos somaram R$ 7,9 milhões, contra R$ 10,1 milhões do último pleito, queda de mais de 21%.

Os números de 2018 demonstram que as cifras não foram necessariamente revertidas em volume de votos. O deputado reeleito Caio Roberto (PR), por exemplo, foi o que teve o maior gasto na disputa deste ano: R$ 939 mil, contra R$ 295 mil da última eleição, um salto de 218%. Ele teve 28.344 votos, média de aproximadamente R$ 33 por voto recebido.

Wallber Virgolino (PATRI), por outro lado, foi o segundo candidato com menor despesa neste pleito: pouco mais de R$ 23 mil, com uma receita de R$ 42 mil. O deputado eleito também foi o segundo mais bem votado, com 48.053 votos, custo médio de R$ 0,48 por voto. Na avaliação do futuro parlamentar, unidade nas pautas defendidas durante a campanha e investimento nas redes sociais foram essenciais para o resultado alcançado.

PBAGORA


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter