terça-feira, 16 de outubro de 2018

Geusa diz que renúncia de Leto será apresentada hoje em sessão e descarta ser candidata a prefeita

A presidente da Câmara de Cabedelo, Geusa Ribeiro (PRP), disse ao ClickPB que recebeu com surpresa o pedido de renúncia do prefeito Leto Viana (PRP). Ela declarou também que o documento será apresentado na sessão desta terça-feira (16), às 20h, para que amanhã (17) a Justiça Eleitoral seja comunicada oficialmente da decisão e providencie as novas eleições para o município.
“Eu fiquei surpresa. Eu não esperava esse pedido de renúncia. A comissão processante de impeachment está o finalizando o trabalho e agora chegou esse pedido. Ele vai ser lido no expediente de hoje vamos tomar as medidas para que amanhã o TRE-PB tome as providências para a nova eleição. Eu imaginava que ele renunciaria antes”, explicou Geusa Ribeiro ao ClickPB.
Ela assumiu a presidência da Câmara de Cabedelo porque o eleito presidente da Casa teve que assumir o cargo de prefeito interino por causa da prisão de Leto Viana, pela Operação Xeque-Mate, da Polícia Federal, em 3 de abril deste ano. O vice-prefeito Flávio Oliveira também estava afastado e sendo investigado e morreu no dia 15 de julho, vítima de insuficiência cardiorrespiratória.
A Operação Xeque-Mate, da Polícia Federal, investiga um esquema de corrupção no qual estariam envolvidos o prefeito Leto, vereadores e servidores municipais.
Sobre disputar a prefeitura da nova eleição, Geusa descartou ao ClickPB a hipótese. “Eu não cogito. Estou num trabalho tão gratificante na Câmara para colhermos frutos para o município.” Porém, mais cedo à rádio Arapuan ela disse que “tudo pode mudar” com o tempo.
Perguntada sobre a relação com Vitor Hugo, caso ele volte à Câmara Municipal, se não for candidato a prefeito ou se perder na nova eleição, Geusa disse que da parte dela não haverá problemas de convivência com o vereador. Ela é da oposição a Leto e Vitor Hugo é da base aliada ao então prefeito que renunciou hoje.
“Eu entrego tudo a Deus. Não tenho problema. Eu só quero dar continuidade ao trabalho. Para isso, não precisa ter nenhum tipo de desentendimento dentro da Casa. Agora sim ela tem que se fortalecer no trabalho e na fiscalização”, disse Geusa ao ClickPB.
Ela acredita que Cabedelo poderá voltar à normalidade somente após o resultado das novas eleições. “Eu acredito que com essa renúncia após a decisão pelo voto popular vai haver normalidade. Mas até que isso ocorra deve ainda haver desconforto dentro do município."
CLICKPB

BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter