sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Crianças e adolescentes atendidos pelos CRAS da PMJP participam de espetáculo circense

Muitos risos, brincadeiras, lanches e emoções. Foi assim a festa das crianças promovida pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), na tarde desta quinta-feira (25), na Estação Cabo Branco – Ciência Cultura e Artes. O auditório foi transformado num colorido picadeiro, onde a própria meninada era protagonista num grande espetáculo circense.
A festa teve início às 14h. Participaram cerca de 600 crianças e adolescentes usuários do Programa de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (PCFV), desenvolvido nos doze Centros de Referência da Assistência Social (CRAS).
Os risos e gritos infantis eram motivos de estímulo para mais brincadeiras patrocinadas por palhaços, acrobatas, malabaristas e até ala ursa e palhaços com perna de pau, num ambiente favorável para a alegria e delicadeza da meninada participante de vários grupos de danças vindos de seis territórios dos CRAS.
Ana Carla, diretora da Assistência Social (DAS), lembrou que esta ação foi a culminância de outras realizadas durante os últimos meses, a exemplo da Colônia de Férias realizada em junho passado. “Vínhamos trabalhando com várias oficinas nos Cras. Os territórios se integraram numa única ação”, afirmou a diretora.
Ela destacou a importância do espetáculo circense. “O trabalho é um resgate da cultura popular que hoje, infelizmente, está tão distante do imaginário das crianças. Mas tenho certeza que todas elas se divertiram muito e puderam ter uma tarde de muita alegria”, destacou.
A dançarina Maria Eduarda, 13 anos, disse que estava muito emocionada. A garota faz parte do território do bairro de Mandacaru e integra um grupo de dança misto, composto por nove crianças e adolescentes. “Participei das aulas e estou muito tranquila para dançar aqui na Estação Cabo Branco”, disse.
Raísa Fabiana, 12 anos, do Cras de Mangabeira, disse que estava gostando e se divertindo muito. “Eu adoro circo, gosto mais dos palhaços. Eu participei da oficina, mas gosto mais de assistir”, revelou.
O ator Adilson Lucena, o Palhaço Pipi, assinou a produção e coordenou as oficinas. “Esse trabalho é o resultado das oficinas dos Cras do Grotão, Valentina, Mandacaru, Gervásio Maia, Cristo Redentor e Gramame. Crianças e adolescentes usuárias da Alta Complexidade também participaram dessa grande festa”, frisou.
Secom-JP 


BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter