segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Conselho Tutelar nega rapto de bebê e diz ter recebido denúncia de abandono

O conselheiro tutelar acusado de ter raptado um bebê em Campina Grande afirmou na manhã desta segunda-feira (15) que a criança foi levada após uma denúncia de abandono de incapaz. Em entrevista ao Blog do Márcio Rangel, Ele confronta a versão da mãe e diz ter esperado a mulher por duas horas na residência até ter levado o bebê.
A mãe havia dito que saiu para ir buscar a filha mais velha que estava na casa de uma vizinha. Segundo o conselheiro, a história da mãe apresenta contradições e os vizinhos informaram que era comum ela sair e deixar o bebê sozinho.
“Ela disse que tinha saído e estava no ponto de ônibus para buscar a filha. Mas estar meia noite em um ponto de ônibus… não sei qual é o intuito dela”, analisou o conselheiro.
A mulher mantém a versão e afirma não ter abandonado a criança. O caso vai ser encaminhado para a Promotoria e o juiz deve decidir se a criança ficará com a mãe.
Entenda
Uma mulher alega ter tido o bebê roubado dentro de sua casa na noite do último sábado (13) no bairro do Bodocongó, em Campina Grande.  De acordo com a mãe da criança, ela deixou o bebê sozinho e foi buscar a filha mais velha na casa de uma vizinha
MaisPB
BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter