terça-feira, 30 de outubro de 2018

Comissão quer cassar direitos políticos de Leto Viana, mesmo após renúncia do ex-prefeito

A Comissão Processante de Impeachment da Câmara de Cabedelo vai pedir a cassação dos direitos políticos do ex-prefeito Leto Viana (PRP), mesmo não havendo mais mandato do ex-gestor, o qual renunciou no dia 16 de outubro. O presidente da comissão, vereador Evilásio Cavalcanti, disse às 15h ao ClickPB que sentou-se neste horário com o vice-presidente Benone Bernardo e com o relator Jonas Pequeno e os assessores jurídicos para embasar juridicamente a decisão do pedido de cassação.
O parlamentar disse que a comissão vai ler o relatório com o parecer, na sessão da noite desta terça-feira (30), e pedir a cassação dos direitos políticos de Leto Viana por oito anos. Evilásio acredita que os vereadores aprovarão o parecer e votarão por unanimidade pela cassação dos direitos políticos do ex-prefeito que renunciou ao mandato.
Relembre o caso
O presidente da comissão disse ainda que Leto usou de manobra ao renunciar dois dias antes da conclusão dos trabalhos que levariam à sua cassação do mandato. Ele explica que a data de 18 de outubro já estava definida, em certidão, como dia de conclusão da atuação da comissão, já que em 18 de junho Leto foi notificado e houve o início da contagem do prazo dado à comissão.
CLICKPB


BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter