terça-feira, 4 de setembro de 2018

UFPB manda servidores economizarem energia elétrica

O prefeito do Campus I da Universidade Federal da Paraíba, João Marcelo Alves, emitiu um comunicado aos funcionários, nesta segunda-feira (03), com algumas medidas que devem ser tomadas para diminuir o consumo de energia na instituição.
Dentre as ações que serão tomadas pela UFPB estão o desligamento de aparelhos de ar-condicionado, computadores, telas e lâmpadas que não estiveram sendo utilizados, além da proibição do uso de grandes estufas, máquinas de lavar pratos e de esterilização e fornos elétricos.
De acordo com o prefeito, as medidas tiveram que ser tomadas devido ao aumento de 15,7% aprovado na semana passada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
Confira o comunicado:
Como sabemos, recentemente, a conta de energia ficou mais cara em pelo menos 216 cidades da Paraíba a partir do dia 28 de agosto de 2018. O reajuste médio de 15,73% foi aprovado durante reunião da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na última terça-feira (21/08/2018). O aumento é válido apenas para as localidades atendidas pela concessionária Energisa Paraíba e vai impactar 1,4 milhão de unidades.
Para os consumidores da Energisa Paraíba atendidos em baixa tensão – residenciais e comerciais – o reajuste será de 15,41%. Já para os de alta tensão, que são os industriais, o aumento vai ser de 16,75%.
Com a aprovação da LOA 2019 e contenção de despesas com custeio em diversos setores do Poder Executivo estamos solicitando que sejam envidados esforços no sentido de promover uma redução imediata no consumo, em especial no horário de tarifa mais cara, o chamado horário de ponta, de segunda-feira a sexta-feira das 17h30 minutos às 20h30 minutos.
Para isso, solicitamos que:
a) Que os setores que não funcionarem no horário noturno, desliguem seus aparelhos de Ares Condicionados às 17h;
b) Que nos horários de não funcionamento durante a semana e, em especial, no fim de semana sejam desligados totalmente os computadores e suas telas;
c) Que nos intervalos e ao final do expediente sejam desligadas totalmente as luzes;
d) E que não sejam utilizados, em nenhuma hipótese, nesse horário equipamentos de elevada potência como:
Grandes estufas;
Máquina de lavar pratos;
Máquina de esterilização;
Fornos elétricos;
Entre outros que consomem elevadas cargas, tendo sua utilização finalizada até as 17h de cada dia, evitando assim que sejamos sobretaxados por descumprir o horário de não funcionamento dos equipamentos de segunda-feira a sexta-feira das 17h30 minutos às 20h30 minutos, conhecido com horário de ponta.
(Autenticado em 03/09/2018 10:20) 
JOAO MARCELO ALVES MACEDO 
PREFEITO – TITULAR

BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Nenhum comentário:
Write comentários
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter