domingo, 30 de setembro de 2018

Prefeita Márcia Lucena assina nesta segunda-feira, ordem de serviço para início das obras de requalificação do Mercado Público Municipal de Conde

A Prefeita Márcia Lucena e a Superintendente da Suplan (Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado), Simone Guimarães, assinam nesta segunda-feira, dia 01º de outubro, na Praça Pedro Alves, no Centro de Conde, a ordem de serviço que autoriza o início das obras de requalificação do Mercado Público Municipal da cidade. Estão sendo investidos R$ 1.436.280,93, por meio de parceria da prefeitura de Conde e o Governo do Estado da Paraíba.
A Prefeita Márcia Lucena comemora a recuperação de mais um equipamento público do município, que vem para fortalecer o comércio da região. “Desde sua construção, o Mercado Público nunca havia passado por uma intervenção tão profunda como esta que vai começar. Esta é uma obra esperada pelos comerciantes do local e agora é uma realidade. São parcerias como a nossa com o Governo do Estado que nos permite a realização de trabalhos tão importantes como este. A população de Conde merece”, destacou.
Com a reforma do local, serão implantadas 40 lojas, área para a feira livre além da ampliação de 10 lanchonetes, 10 boxes de Hortifrútis. 04 boxes para carnes, banheiros masculino, feminino e PNE (Portadores de Necessidades Especiais). São 1.109,66m2 de área contemplado com serviços preliminares, movimento de terra, fundação, estrutura, alvenaria, revestimento, pisos, coberta, esquadrias, instalação hidro – sanitária, instalação elétrica, instalação de combate a incêndio, reservatório cilíndrico em fibra de vidro, reservatório inferior cilíndrico em fibra de vidro, reservatório superior, fossa séptica, filtro anaeróbico e pintura.
Para que os comerciantes não fossem prejudicados durante as obras no local, a Secretaria de Planejamento promoveu várias reuniões para que todas as dúvidas fossem esclarecidas, para só assim dar início ao processo de desocupação do local. Os comerciantes que não tinham outro local para trabalhar durante o período da reforma, foram atendidos pela Prefeitura de Conde por meio da Seplan e Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), com um espaço provisório na praça Antônio de Souza, que foi adaptado para cerca de 25 comerciantes. Ao término da obra, o espaço será desocupado.

Assessoria

BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Estudantes farão provas da seleção de estágio do TRE-PB neste domingo; bolsa é de R$ 850

Estudantes de pelo menos 11 cursos farão provas do processo seletivo para estágio no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). O exame de avaliação teórica será aplicado neste domingo (30), no Instituto de Educação Superior da Paraíba (Iesp), na BR-230, estrada de Cabedelo.
As provas estavam previstas na Portaria nº772/2018-PTRE, publicada no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) do órgão no último dia 30 de agosto.
Os portões do Iesp serão abertos para os candidatos a partir das 7h. As provas serão aplicadas das 8h às 12h.
A seleção é para preenchimento de quadro de vagas dos níveis médio e superior do TRE-PB, que ficará sob a integral e exclusiva responsabilidade da empresa Usina de Talentos Ltda.
As vagas foram distribuídas nas áreas de Administração (Administração Pública e Tecnologia em Gestão Pública), Arquivologia, Arquitetura, Comunicação em Mídias Digitais, Comunicação Social (Habilitação em Jornalismo), Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Civil, e diversas áreas de Informática, além do Curso Técnico em Saúde Bucal.
As inscrições começaram no dia 3 de setembro e terminaram no dia 16 de setembro (horário de Brasília).
O processo seletivo terá duas etapas: a primeira de provas objetiva e de redação de caráter eliminatório e classificatório; e depois haverá convocação do classificado para confirmação do cadastro de requisitos de ingresso e entrevista de ambientação, quando só então será efetivado o Termo de Compromisso de Estágio (TCE).
O estágio tem duração de um ano, prorrogável por igual período. O estagiário terá uma carga horária de 20 horas semanais e bolsa-auxílio de R$ 850 mensais, mais vales-transporte.
BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Veritá: João Azevedo tem 35,5% das intenções de voto e Lucélio e Maranhão têm empate técnico

O Instituto Veritá e o portal MaisPB divulgaram, neste sábado (29), a pesquisa de intenções de voto para governador da Paraíba. João Azevedo (PSB) lidera com 35,5%. Lucélio Cartaxo (PV) e Zé Maranhão (MDB) empatam tecnicamente, tendo o candidato do PV 19,1% e o candidato do MDB, 18,7%.
Veja os números.
João Azevedo (PSB) - 35,5%
Lucélio Cartaxo (PV) - 19,1%
Zé Maranhão (MDB) - 18,7%
Tárcio Teixeira (PSOL) - 0,5%
Rama Dantas (PSTU) - 0,3%
Indecisos - 25,9%
Não sabem ou não responderam - 13,2%
Brancos e nulos - 12,6%
Considerando apenas os votos válidos, as porcentagens são maiores. Veja.
João Azevedo (PSB) - 47,9%
Lucélio Cartaxo (PV) - 25,7% 
Zé Maranhão (MDB) - 25,3%
Tárcio Teixeira (PSOL) - 0,7%
Rama Dantas (PSTU) - 0,4%
A pesquisa entrevistou 2.040 eleitores de 33 municípios paraibanos, entre a quarta-feira (26) e essa sexta-feira (28). A margem de erro é de 2,8 pontos percentuais para mais ou para menos. A consulta do Instituto Veritá encomendada pelo portal MaisPB foi registrada no TSE sob o número PB-08081/2018.
CLICKPB
BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Justiça determina multas de até R$ 50 mil para quem usar imagem de Lula como candidato em impressos

O juiz auxiliar Kéops de Vasconcelos Amaral Vieira Pires, da Propaganda Eleitoral, do TRE-PB, determinou que as coligações, partidos e candidatos que distribuírem material impresso de campanha com a imagem de Lula como candidato a presidente sejam multados em R$ 50 mil (partidos e coligações) e em R$ 15 mil (candidatos).
Segundo argumento do magistrado, "a divulgação, por meio de material impresso ou virtual, de dados falsos a respeito de candidatos viola flagrantemente o equilíbrio da disputa, por criar estado mental no eleitor. Neste caso, ao ser divulgado em material impresso de propaganda o nome do ex-presidente Lula como sendo candidato à Presidência da República, após a decisão judicial que indeferiu tal candidatura, afronta não apenas a legislação eleitoral como a própria autoridade da Justiça Eleitoral."
Veja o trecho da decisão:
Assim, estando presentes os requisitos legais, CONCEDO A TUTELA INIBITÓRIA DE URGÊNCIA pleiteada, para o fim de determinar que as Coligações, os Partidos e os Candidatos Representados se abstenham de proceder à confecção e/ou distribuição de material impresso de campanha em que se veicule o ex-presidente Lula como sendo candidato ao cargo de Presidente da República, sob pena de multa cominatória, que arbitro em R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) para as Coligações e Partidos, e em R$ 15.000,00 (quinze mil reais) para os Candidatos, podendo tais valores ser majorados em caso de reincidência da prática ilícita e do volume do material que venha a ser, porventura, confeccionado/distribuído.
CLICKPB

BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Cerca de 20 mil pessoas participam do ato 'Mulheres Contra Bolsonaro', na Praça da Paz, em JP

Cerca de 20 mil pessoas participaram do ato 'Mulheres Contra Bolsonaro', em João Pessoa. A manifestação foi concentrada na Praça da Paz, no bairro dos Bancários, e teve início às 15h com previsão para ser encerrada às 21h deste sábado (29).
Foto: ClickPB
O ato é contra a eleição do candidato a presidente, Jair Bolsonaro (PSL). O movimento começou nas redes sociais e tomou as ruas de vários lugares do Brasil e do mundo, neste sábado. A organização fala em 30 atos pelo Brasil e 18 manifestações no exterior.
As cantoras Nathália Bellar e Cida Alves e o Coral Voz Ativa se apresentaram no ato em João Pessoa. Outros artistas também marcaram presença com manifestações.

CLICKPB

BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

TRE-PB disponibiliza Serviço de Atendimento ao Eleitor para esclarecer dúvidas por telefone e e-mail

Os paraibanos vão poder tirar dúvidas sobre as eleições através do Serviço de Atendimento ao Eleitor (SAE) do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). O serviço funciona pelo contato 3512-1500 e pelo e-mail sae@tre-pb.jus.br.
Com o SAE, o eleitor pode se informar sobre a própria situação eleitoral, local de votação, onde justificar o voto, quais os documentos necessários para votar e tirar outras dúvidas relativas às Eleições 2018.
O SAE foi criado pela Corregedoria Regional Eleitoral da Paraíba. Segundo o TRE-PB, esse "é mais um serviço da Justiça Eleitoral posto à disposição do cidadão para que a cidadania possa ser exercida plenamente e a democracia efetivamente consolidada."
O serviço está disponível até o dia das Eleições, 7 de outubro, inclusive nos finais de semana.
CLICKPB

BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Michelle Ramalho é eleita a nova presidente da Federação Paraibana de Futebol

Michelle Ramalho foi eleita na tarde deste sábado (29), a nova presidente da Federação Paraibana de Futebol. A candidata venceu Eduardo Araújo por 26 votos a 24. 
O resultado se deu após duas votações, visto que a primeira terminou em empate. 
Os clubes aprovaram a posse imediata de Michelle que vai comandar a entidade pelos próximos quatro anos. Diante disso, a Paraíba volta a ter a única mulher presidente de uma federação em todo o território brasileiro. 
CLICKPB
BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Termina neste domingo as inscrições para o concurso da prefeitura de São João do Cariri

As inscrições para o concurso da prefeitura de São João do Cariri, que oferta 31 vagas acontece até este domingo (30).  As vagas são para cargos de todos os níveis de escolaridade, com salários que variam de R$ 954 a R$ 2.005,50.
O cargo com o maior número de vagas é o de professor polivalente, com quatro oportunidades, e exige o nível superior em pedagogia, com salários de R$ 1.816,50. Os cargos com maior salário são os de enfermeiro PSF e professor B (matemática, português, ciências, inglês, geografia e história).
Além destas oportunidades, também há vagas para agente comunitário de saúde, auxiliar de consultório dentário PSF, auxiliar de creche, assistente social CRAS, farmacêutico/bioquímico, fisioterapeuta, fiscal de arrecadação, médico clínico geral PSF, motorista (B e D), nutricionista, odontólogo PSF, operador de máquinas, psicólogo CRAS e técnico de enfermagem.
As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, no site da organizadora, até o dia 30 de setembro. As taxas de inscrição custam R$ 73,66 para cargos de nível fundamental completo, R$ 93,33 para cargos de nível médio e técnico e R$ 115 para cargos de nível superior.
As provas escritas do concurso estão previstas para acontecer no dia 18 de agosto, em horário e local previsto para ser divulgado dez dias antes da data da prova.
O resultado final do concurso está previsto para o dia 7 de dezembro. O certame tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado.
CLICKPB


BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Sem planos para assumir cargo público, Ricardo Coutinho sentencia sobre futuro político: "Na verdade me preocupo pouco"

O governador da Paraíba, Ricardo Cutinho (PSB) declarou se preocupar pouco com o seu futuro político após entregar o cargo ao vencedor das eleições deste ano. De acordo com Ricardo, fora o fato de que ele deve voltar a exercer a sua função na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), de onde ele está licenciado sem remuneração desde 1998, ele não tem certeza mais de nada.
Pelo gosto que tem pela política, o governador paraibano declarou que suapretensão é continuar ajudando os companheiros que estiverem exercendo funções na administração pública.
“O que vai acontecer eu não sei e na verdade me preocupo pouco. Eu quero estar próximo dos companheiros, ajudando eles que estão com cargos na administração pública, e torço para um possível e provável governo de João Azevêdo que acho que está muito preparado para o cargo”, declarou.
PB Agora

BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Professores realizam manifestação contra descaso com a classe, em Areia

Os professores efetivos do município de Areia, no Brejo paraibano, fizeram um ato público neste sábado (29) em prol da humanização da educação e para debater o descaso da prefeitura com os docentes. A mobilização aconteceu na praça central de cidade.
O ato, que é organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab),  discutiu também o direito de categoria  acompanhar a reformulação do Plano de Cargos e Remuneração (PCR) dos professores, a atualização do estatuto do servidor, que está caduco, o pagamento do reajuste salarial de 6,81%, que deveria ter sido efetivado desde janeiro e do terço de férias, também em atraso, além do pagamento da primeira parcela do 13º, que deveria ter acontecido em junho, conforme a legislação.
A direção do Sintab informou que a categoria segue insatisfeita com o descaso da gestão, que além de retirar direitos, não recebe os efetivos para nenhuma negociação. "Estamos lutando pela humanização da educação e ainda pelo caso da escola Maria Emília Maracajá, já que a intenção do prefeito é de fechar a escola, ou seja, ele está fazendo tudo para que os alunos não progridam e assim ter respaldo para fechar a escola. Outro problema grave é questão dos concursados que não estão sendo convocados enquanto vários prestadores de serviço estão sendo contratados", resumiu Janaína Azevedo, diretora do Sintab-Areia.
O vice-presidente do Sintab, Giovanni Freire, reforçou mais uma vez que nenhuma conquista é garantida sem o empenho da categoria. "Mais uma vez eu destaco que quem resolve problema de trabalhador é o próprio trabalhador, quando o povo quer, não há quem possa com esta união. O prefeito não dialoga, não senta com os professores e isso é grave. A educação de Areia é esquecida e desprezada pela atual gestão", destacou.
 Sintab

BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

Advocacia Geral da União requer e Tesouro Nacional bloqueia FPM de CG

Nessa sexta-feira (28) o Tesouro Nacional bloqueou a  cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) da Prefeitura de Campina Grande.
O recurso estava programado para integrar o desembolso da Secretaria de Finanças na quitação da folha de pessoal relativo ao mês de setembro.
Por conta do bloqueio integral, a prefeitura realizou o pagamento apenas dos servidores que recebem até R$ 4.800,00. A previsão é que os outros pagamentos sejam realizados na próxima teça-feira.
O bloqueio teria se dado por dívidas antigas resultantes de empréstimos anteriores a gestão de Romero Rodrigues e que se tornaram objeto de uma disputa judicial e técnica desde 2013.
De acordo com o procurador geral do Município, José Mariz a PGM já conseguiu, no âmbito do Judiciário, a decisão do pagamento de 17% sobre apenas 5% da Receita Líquida, para abater débitos inscritos na Dívida Ativa, mesmo assim a AGU recomendou recentemente o bloqueio do FPM.
PB Agora

BORGES NETO SE LIGA PARAÍBA

sábado, 29 de setembro de 2018

CNJ afasta juiz que queria recolher urnas

Provocado pela Advocacia Geral da União (AGU), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) acolheu pedido para adoção de “providências cautelares”, a fim de evitar que o juiz Eduardo Luiz Rocha Cubas, do Juizado Especial Federal Cível de Formosa (GO), colocasse em prática os planos de conceder, ao fim do dia 5 de outubro próximo, uma liminar determinando ao Exército o recolhimento de urnas eletrônicas a serem usadas no pleito do dia 7 de outubro.
De acordo com a AGU, a decisão evitou que o juiz “prejudicasse deliberadamente” a realização da eleição. “A liminar seria concedida no âmbito de uma ação popular que questiona a segurança e a credibilidade das urnas.
O comportamento suspeito do juiz começou a partir do momento em que ele permitiu a tramitação da ação no juizado, uma vez que a Lei nº 10.259/11 (que regulamenta os juizados especiais federais) dispõe expressamente que tais juizados não têm competência para julgar ações populares”, informou por meio de nota a entidade.
Sem fundamento legal
Ainda segundo a AGU, após ter permitido a tramitação da ação, o juiz Eduardo Luiz Rocha Cubas teria deixado de digitalizar os autos e conferido ao processo sigilo judicial “sem qualquer fundamento legal”, além de não ter intimado a União para tomar conhecimento da ação.
“Além disso, o juiz foi pessoalmente ao Comando do Exército, em Brasília, onde se reuniu com militares para antecipar o conteúdo da decisão que prometeu proferir no dia 5 de outubro com a expectativa declarada de que as Forças Armadas pudessem desde já se preparar para o cumprimento da determinação futura que receberia para recolher urnas; não houvesse tempo hábil para a decisão ser revertida pelo próprio Judiciário”, diz a nota da AGU.
Tais condutas foram apresentadas pela AGU como evidências de um “propósito manifesto do juiz em fazer valer sua desarrazoada ordem no dia das eleições, causando sério risco ao processo democrático”.
Na reclamação apresentada pela AGU ao CNJ foi anexado um vídeo no qual o juiz questionava, ao lado do candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, a segurança e a credibilidade das urnas eletrônicas.
Na avaliação da AGU, Eduardo Luiz Rocha Cubas teria manifestado, nesse vídeo, opinião político-partidária incompatível com a função de juiz.
“Estas circunstâncias comprovam que o magistrado pretendia se aproveitar do cargo e do poder coercitivo que um provimento jurisdicional por ele prolatado pudesse possuir em relação às instituições repúblicas, inclusive às Forças Armadas, para atingir objetivos políticos, em especial inviabilizar a realização das eleições ou desacreditar o processo eleitoral como um todo”, conclui a nota da AGU.

Mais Pb

Metade da população aposta em melhoria

Foto: Wallison Bezerra/MaisPB
Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (28) aponta que 48% dos eleitores entrevistados afirmaram que a vida vai melhorar com o novo presidente. Outros 33% disseram que a vida vai continuar como está, 5% responderam que vai piorar e 14% disseram que não sabem.
A pesquisa foi feita entre 26 e 28 de setembro com 9.000 eleitores com 16 anos ou mais em 343 municípios brasileiros.
O Datafolha também perguntou aos entrevistados como eles veem o apoio do próximo presidente, independentemente de quem for eleito, tanto no Congresso Nacional quanto na sociedade brasileira.
Veja abaixo todas as respostas:
Otimismo
O Datafolha fez a seguinte pergunta aos eleitores: “Com o novo presidente, no ano que vem, a sua vida vai melhorar, piorar ou continuar como está?”
Veja as respostas:
Vai melhorar: 48%
Vai piorar: 5%
Vai continuar como está: 33%
Não sabe: 14%
Apoio do Congresso Nacional
Os entrevistados também responderam sobre quanto apoio eles acreditam que o próximo independentemente de quem for eleito, o próximo presidente terá do Congresso Nacional, isto é, dos deputados federais e senadores, para governar.
Veja as respostas:
Terá muito apoio: 24%
Terá algum apoio: 49%
Não terá apoio: 11%
Não sabe: 17%
Apoio da sociedade brasileira
O Datafolha ainda questionou os entrevistados sobre se o próximo presidente terá muito, algum ou nenhum apoio para governar.
Veja as respostas:
Terá muito apoio: 37%
Terá algum apoio: 43%
Não terá apoio: 9%
Não sabe: 11%
Sobre a pesquisa
Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 9.000 eleitores com 16 anos ou mais em 343 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 26, 27 e 28 de setembro
Registro no TSE: BR-08687/2018
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S. Paulo”
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
G1

Deficientes visuais treinam voto na urna

A Justiça Eleitoral promoveu, nessa quinta-feira (27), demonstração do uso da urna eletrônica para alunos do Centro de Ensino Especial de Pessoas com Deficiência Visual, localizado na 612 Norte, em Brasília (DF). A escola possui quase 500 alunos, e 200 deles participaram da ação conduzida pela Seção de Gestão da Urna Eletrônica do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Além de explicações sobre os procedimentos necessários para o exercício do voto, os alunos tiveram oportunidade de interagir com a urna eletrônica por meio de simulações de votação.
O Brasil possui 940.630 eleitores com deficiência, sendo 120.195 cegos (incluindo o cidadão que vota no exterior). De acordo com o chefe da Seção de Gestão da Urna Eletrônica, Adilson Santos, os alunos tiveram a oportunidade de vivenciar como será o dia da eleição. Ele explicou que foram dadas orientações gerais sobre o voto e esclarecidas dúvidas dos participantes.
As teclas da urna eletrônica têm números gravados em Braille e são equipadas com fones de ouvido para viabilizar o voto do cego. Uma gravação indica para qual cargo ele está votando e quantos dígitos devem ser acionados. O diretor do Centro de Ensino Especial de Deficientes Visuais, Airton Dutra, disse que solicitou a demonstração para que os alunos pudessem conhecer o sistema de votação e assim se preparassem para votar. “Buscamos promover uma ação de inclusão e cidadania. Nosso objetivo é ampliar o contato com a urna para esse segmento da sociedade”, declarou.
Na avaliação do advogado aposentado Guairacá Carvão Nunes, que participará da primeira eleição após perder a visão, ser orientado sobre os procedimentos necessários para votar proporciona maior segurança e confiança para o dia da votação. Nunes também foi informado que poderá ser acompanhado na cabina de votação por algum parente ou pessoa próxima. Já Rafael Vaz da Silva ressaltou que a simulação foi útil para relembrar como se vota, uma vez que no Distrito Federal as eleições só acontecem a cada quatro anos.
MaisPB

Avião cai e deixa dois tripulantes feridos na Zona Rural de Guarabira

Um avião de pequeno porte caiu no final da manhã deste sábado (29) na Zona Rural de Guarabira, no Brejo paraibano. Dois tripulantes ficaram feridos.
Ao Portal MaisPB, o sargento Ailton, do Corpo de Bombeiros, informou que uma das vítimas conseguiu sair da aeronave e foi por conta própria para o Hospital Regional do município. Já o outro tripulante precisou ser socorrido por uma ambulância da corporação para unidade hospitalar. No caminho, ele afirmou que estava sentindo dores na cabeça e na região do abdômen.
Em contato com a reportagem, o Hospital informou que os pacientes seguem internados em observação. Porém, não foi possível detalhar qual o estado de saúde deles.
O Corpo de Bombeiros relatou que ainda não é possível saber o que teria motivado o acidente.
MaisPB

Bolsonaro tem alta hospitalar 23 dias após levar facada

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) recebeu alta hospitalar neste sábado (29) após 23 dias de internação em decorrência da facada que levou no abdômen durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG), no dia 6 de setembro. A informação foi confirmada pelo deputado federal Major Olimpio (PSL-SP) e pelo presidente em exercício do PSL, Gustavo Bebianno.
Bolsonaro ainda está no Hospital Israelita Albert Einstein, na zona sul de São Paulo, onde chegou no dia 7 de setembro. No começo da tarde, ele deve ir em voo comercial para o Rio, onde mora em um condomínio na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. A alta ocorre no mesmo dia em que estão marcados protestos contra e a favor do candidato do PSL.
Procurada, a assessoria de imprensa do hospital informou que só vai se manifestar por meio de boletim médico, previsto para ser divulgar por volta das 15h.
A segurança na frente do hospital foi reforçada com agentes da Polícia Militar, além de carros e motocicletas da Rocam. Bolsonaro está sendo acompanhado por policiais federais que, por lei, fazem sua segurança desde que ele se tornou oficialmente candidato ao Palácio do Planalto.
Desde o início da manhã, a movimentação de jornalistas foi intensa na entrada principal do hospital, que sedia neste sábado um simpósio internacional de enfermagem. Participantes do evento que apoiam Bolsonaro ficaram aglomerados no local. Seguranças terceirizados do Albert Einstein tiveram trabalho para manter livre a circulação de pacientes e acompanhantes.
No período em que esteve internado, Bolsonaro passou por duas cirurgias: uma para estancar a hemorragia, logo após o ataque, e outra, também de emergência, para corrigir um problema no intestino.
O político estava com alta prevista para sexta-feira (28) e chegou a comprar passagem aérea para o Rio. A liberação, no entanto, foi adiada por conta de uma infecção.
Segundo o próprio Bolsonaro, a recomendação médica é que ele fique em repouso em sua casa até 10 de outubro, três dias após o primeiro turno. Se isso ocorrer, o líder nas pesquisas, não participará dos dois debates marcados para antes da votação no dia 7.
Durante o período em que esteve internado, Bolsonaro cresceu nas pesquisas e se consolidou na liderança. Segundo levantamento do Ibope divulgado um dia antes do ataque, Bolsonaro tinha 22%. No mais recente, do dia 26 de setembro, ele chegava a 27%.
UOL

Suplente de vereador comenta expectativa para assumir mandato na CMCG

Foto: Ascom
Foto: Ascom
Suplente de vereador Rafael Sousa (PSDB), mais conhecido como Rafafa, tomará posse na Câmara Municipal de Campina Grande na próxima semana.
Em entrevista, Rafafa comentou sobre a expectativa para atuar no legislativo campinense.
– Estou muito feliz e quero dizer que vou saber honrar esse período e os votos que eu tive. Eu vou trazer projetos para beneficiar o povo. A classe LGBT faz parte dos meus projetos, pois fazem parte do povo. Eu sou do povo e vou ser vereador do homem, da mulher, do gay, do hétero, do negro, do branco, do rico e do pobre – explanou.
Rafafa assume o lugar do vereador Alexandre do Sindicato (PHS), que vai se licenciar do cargo para assumir uma secretaria na Prefeitura de Campina Grande.
Esta semana, os suplentes Sargento Regis (PSC) e Soraya Brasileiro (PSDC), em substituição dos vereadores Álvaro Farias (PSC) e Saulo Germano (PSDC), respectivamente, também tomaram posse no Legislativo Municipal.

Paraiba Online

Leonardo defende redução da carga tributária incidente sobre o primeiro emprego

Foto: Paraibaonline
Foto: Paraibaonline
“A pauta mais importante desse momento é a geração de empregos Nós temos uma geração inteira de jovens que estão com medo do futuro, inclusive aqueles que têm uma formação mais sólida e uma educação formal mais qualificada”.
A afirmação é do candidato a deputado federal pelo PSC, Leonardo Gadelha, que tem como um de seus principais compromissos de campanha a geração de empregos para os jovens.
Segundo Gadelha, que já assumiu uma suplência na Câmara Federal, foi presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e deputado estadual, muitos estudantes “estão com medo de entrar no mercado de trabalho porque essas vagas simplesmente sumiram, deixaram de existir em função da crise econômica, mas também em função da mudança do perfil do trabalho”.
Para contribuir com a transformação dessa realidade e a superação do difícil momento econômico enfrentado pelo país, uma das propostas do candidato é reduzir a carga tributária que incide sobre o primeiro emprego o que, de acordo com ele, facilitaria a retomada da contratação de jovens que buscam ingressar no mercado de trabalho.
–  Para pensarmos na criação de empregos no futuro, além da redução da carga tributária incidente sobre o primeiro emprego nós precisamos aproximar a educação formal das exigências desse novo mercado de trabalho, especialmente da indústria 4.0, marcada pela inovação tecnológica – ponderou.

Paraiba Online

‘É questão de tempo para a gente tomar o poder’, diz José Dirceu

Foto: Paraibaonline
Foto: Paraibaonline
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O ex-ministro José Dirceu afirmou ao El País que é uma questão de tempo para que o PT retome o poder. Questionado se existe a possibilidade de o partido ganhar a eleição e não levar, ele afirmou considerar improvável. A entrevista foi publicada na quarta-feira (26).
“Acho improvável que o Brasil caminhará para um desastre total. Na comunidade internacional, isso não vai ser aceito. E dentro do país é uma questão de tempo pra gente tomar o poder. Aí nós vamos tomar o poder, que é diferente de ganhar uma eleição”, disse
Dirceu também afirmou que não acredita que Jair Bolsonaro (PSL) terá apoio da população para ganhar as eleições e afirmou que o candidato é uma versão piorada de Michel Temer (MDB), que, segundo ele, governa o país de forma irresponsável.
“Bolsonaro é o Temer mais a regressão de comportamento cultural e o autoritarismo não democrático. O governo do Bolsonaro com Paulo Guedes vai ser um arrasa quarteirão. Mas isso não dá certo em lugar nenhum”, declarou, citando como exemplo a situação na Argentina.
Solto desde junho pelo STF (Supremo Tribunal Federal), Dirceu tem duas condenações em segunda instância que juntas somam mais de 39 anos de pena.

Paraiba Online com com Folhapress

Justiça condena seis investigados pela Operação Carne Fraca

CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) – A Justiça Federal do Paraná condenou nesta sexta-feira (28) seis pessoas investigadas na Operação Carne Fraca, que apurou um esquema de corrupção na fiscalização de frigoríficos pelo país.
Foram condenados, pelo crime de corrupção passiva, os fiscais agropecuários Maria do Rocio Nascimento, Dinis Lourenço da Silva e Welman Paixão Silva Oliveira; o ex-superintendente do Ministério da Agricultura em Goiás Francisco Carlos de Assis; o advogado José Antônio Diana Mapelli e o ex-gerente de Relações Institucionais da BRF Roney Nogueira dos Santos.
A decisão absolveu, porém, o ex-diretor da BRF André Luis Baldissera, que teve autorizado seu retorno às atividades na empresa, e o fiscal do Ministério da Agricultura Daniel Gonçalves Filho, que fora superintendente no Paraná e é apontado pelo Ministério Público como líder do esquema (ele ainda é réu em outra ação).
Os fiscais, segundo a sentença, solicitaram vantagens indevidas a representantes da BRF, um dos maiores frigoríficos do país, em troca de agilizar (ou sob pena de retardar) os processos da companhia no ministério.
Foto: reprodução/arquivo
Dois deles teriam inclusive pedido uma contribuição de R$ 300 mil para o PTB, partido que indicava os nomes para a chefia do serviço em Goiás -o pagamento não foi realizado. Outros pediam à empresa peças de carne, como costela suína, peitos de frango e sobrecoxa.
“Incumbia aos servidores, isso sim, demostrar isenção e imparcialidade, velando pela moralidade e probidade administrativas.
Agindo tal como demonstrado nos autos, desprezam-se seus deveres mais elementares, instando outrem a atender a seu interesse pessoal”, escreveu o juiz federal Marcos Josegrei da Silva.
Os seis réus foram condenados à perda dos cargos públicos e a até seis anos de detenção.
Esta é apenas uma das seis ações relativas à Operação Carne Fraca. Em outros dois processos, Silva já condenou três antigos funcionários do Ministério da Agricultura no Paraná por corrupção, além de um ex-fiscal em Goiás por embaraço à investigação.
Ainda cabe recurso da decisão. A reportagem não conseguiu contato com a defesa dos réus condenados.

Paraiba Online com Folhapress

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter