quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Bandidos explodem carro-forte e segurança fica ferido no Sertão da Paraíba

Um grupo armado explodiu um carro-forte utilizado para transporte de valores na manhã desta quarta-feira (29), na cidade de Paulista, no Sertão da Paraíba.
De acordo com informações do portal Catolé em Foco, os criminosos efetuaram vários disparos de sub-metralhadoras no veículo.
Segundo informações, a tentativa de assalto aconteceu na entrada da cidade, próximo a um posto de combustível.
Os bandidos ainda efetuaram vários disparos de arma de fogo no destacamento da Polícia Militar de Paulista, e em uma troca de tiros, um dos seguranças do carro-forte foi atingindo mais não corre risco de morte.
Foi usado dois veículos pelos bandidos, sendo um Jeep e uma caminhoneta, os dois de cor branca, um dos veículos usado na ação criminosa foi encontrado em uma estrada que da acesso a cidade de Serra Negra, no Estado do RN.
A Polícia Militar está em uma intensa procura dos bandidos, só que até o momento ninguém foi preso.
Catolé em Foco 

APDP questionará constitucionalidade de aprovação da LOA 2017

O presidente da Associação Paraibana dos Defensores Públicos, Ricardo Barros, garantiu que a entidade questionará judicialmente a constitucionalidade da Lei Orçamentária 2018 aprovada de maneira açodada na manhã desta quarta-feira pela Assembleia Legislativa da Paraíba. “Assim que a decisão for publicada, tomaremos as providências legais”, afirmou.

Ele lamentou o descumprimento pela Assembleia Legislativa da liminar concedida pelo desembargador Frederico Coutinho, a pedido da APDP em Ação Direta de Inconstitucionalidade, suspendendo por 10 dias a tramitação do Projeto de Lei nº 1.632/2018 até que houvesse a devida correção monetária da proposta orçamentária aprovada pelo Conselho Superior da Defensoria Pública.

Segundo Ricardo, além da referida decisão judicial, também foi descumprido o regulamento da ALPB, quando da aprovação de forma anti-democrática e republicana, da matéria em “regime de urgência”, antecedida por súbita troca de relator e impedimento da realização de debate prévio sobre a matéria, com limitação do uso da palavra por deputados.

Assessoria 

Inscrições para Processo Seletivo das Escolas Integrais estão abertas até domingo

Estão abertas até este domingo (3) as inscrições para o processo seletivo de diretores, coordenadores e professores das Escolas Cidadãs Integrais. O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), está selecionando profissionais para os cargos de diretor escolar, coordenador administrativo-financeiro, coordenador pedagógico e professores de todas as áreas para atuarem nas Escolas Cidadãs Integrais e Escolas Cidadãs Integrais Técnicas em todo o Estado. Os Editais de seleção estão disponíveis com as orientações no endereço eletrônico: https://sites.google.com/view/processoseletivoeci2018/p%C3%A1gina-inicial

As provas objetivas serão realizadas no dia 15 de dezembro. Pela manhã, serão realizadas as provas para diretores a partir das 9h e à tarde ocorrerão as provas para coordenadores e professores, a partir das 14h.   As vagas são para compor banco de reserva técnica. Os locais de provas serão divulgados posteriormente pelo Portal da Secretaria da Educação: paraiba.pb.gov.br/educacao.
Estão aptos a participar do processo seletivo os profissionais lotados nas unidades escolares da Secretaria de Estado da Educação ou Gerências Regionais de Educação, que atendam aos critérios estabelecidos nos editais e que possuam disponibilidade de 40 horas semanais.

No dia 5 de dezembro serão divulgadas as relações das inscrições homologadas e não homologadas. No dia 23 de dezembro será divulgado o resultado preliminar da prova escrita objetiva e no dia 30, do mesmo mês, a divulgação dos candidatos selecionados para entrevista. O resultado final do processo seletivo simplificado será divulgado no dia 12 de janeiro de 2018.
Secom-PB 

TCE-PB aprova Medalha Cunha Pedrosa para Fábio Nogueira e Valdecir P

O Tribunal de Contas da Paraíba, reunido nesta quarta-feira (29), aprovou a concessão da Medalha Cunha Pedrosa, a mais elevada de suas honrarias, ao presidente eleito da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), conselheiro Fábio Nogueira. Ele sucederá, a partir de fevereiro, ao ainda presidente Valdecir Pascoal, também agraciado com a mesma comenda.
Relator das proposituras de medalhas do TCE-PB, o conselheiro Nominando Diniz fez, ele mesmo, a indicação do amigo Fábio Nogueira e de pronto acolheu, como o restante dos seus pares, à do conselheiro Valdecir Pascoal para a idêntica homenagem, conforme propôs o presidente da Corte André Carlo Torres Pontes.
As saudações aos dois homenageados incluíram louvores a suas atuações em favor do aprimoramento do sistema de controle externo. O conselheiro André Carlo mencionou, notadamente, o esforço de Valdecir Pascoal para evolução do Marco de Medição do Desenvolvimento dos TCs brasileiros.
O conselheiro Nominando Diniz destacou, por sua vez, a atuação vitoriosa e o espírito conciliador que fez do paraibano Fábio Nogueira candidato único e presidente, por aclamação, da Atricon, no último dia 23, durante o XXIX Congresso dos Tribunais de Contas do País realizado, em Goiânia (GO). A entrega dessas medalhas ainda não tem data marcada.
APLAUSOS – Na mesma sessão plenária, o TCE-PB acolheu Moção de Aplauso do conselheiro substituto Renato Sérgio Santiago Melo ao presidente eleito da Associação Nacional dos Auditores de Contas (Audiccon) ministro substituto Marcos Bemquerer Costa.
Foram também, assim, reverenciados os presidentes do Instituto Rui Barbosa (conselheiro Ivan Bonilha, TCE/PR) e da Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios (conselheiro Thiers Montebello,TCM-RJ) também eleitos na ocasião.
A boa organização do XIX Congresso dos TCs ainda rendeu aplausos do TCE-PB aos presidentes dos Tribunais de Contas do Estado e dos Municípios de Goiás, os conselheiros Kennedy Trindade e Joaquim Alves de Castro Neto (por ordem de citação), como propôs o conselheiro substituto Oscar Mamede Santiago Melo. Pela mesma razão, também foi assim homenageada a conselheira substituta Heloisa Helena Monteiro (TCE-GO) que atuou, incisivamente, na organização do evento.
Secom-PB 

Loterias Duas apostas dividem prêmio de quase R$ 66 milhões da Mega-Sena

Duas apostas acertaram os seis números do concurso 1.992 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira (29) em Cardoso Moreira (RJ). O prêmio total é de cerca de R$ 66 milhões. As apostas ganhadoras foram de Campos Belos (GO) e Araguari (MG).
As dezenas sorteadas foram: 05 - 11 - 13 - 21 - 53 - 54.
De acordo com a Caixa Econômica Federal, cada aposta vencedora leva R$ 32.953.918,65.
A quina teve 142 apostas ganhadoras e cada uma delas fica com R$ R$ 28.999,41. Na quadra, foram 11.405 apostas certas e o prêmio é de R$ 515,80 para cada.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.
Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.
G1

Supremo proíbe uso do amianto em todo o país

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (29) proibir uso do amianto do tipo crisotila, material usado na fabricação de telhas e caixas d’água. A decisão dos ministros foi tomada pararesolver problemas que surgiram após a decisão da Corte que declarou a inconstitucionalidade de um artigo da Lei Federal 9.055/1995, que permitiu o uso controlado do material.
Com a decisão, tomada por 7 votos a 2,  não poderá ocorrer a extração, a industrialização e a comercialização do produto em nenhum estado do país. Durante o  julgamento não foi discutido como a decisão será cumprida pelas mineradoras, apesar do pedido feito por um dos advogados do caso, que solicitou a concessão de prazo para efetivar a demissão de trabalhadores do setor e suspensão da comercialização.
Em agosto, ao começar a julgar o caso, cinco ministros votaram pela derrubada da lei nacional, porém, seriam necessários seis votos para que a norma fosse considerada inconstitucional. Dessa forma, o resultado do julgamento provocou um vácuo jurídico e o uso do amianto ficaria proibido nos estados onde a substância já foi vetada, como em São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, mas permitida onde não há lei específica sobre o caso, como em Goiás, por exemplo, onde está localizada uma das principais minas de amianto, em Minaçu.
As ações julgadas pela Corte foram propostas pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria (CNTI) há dez anos ao Supremo e pedem a manutenção do uso do material. A confederação sustenta que o município de São Paulo não poderia legislar sobre a proibição do amianto por tratar-se de matéria de competência privativa da União. Segundo a defesa da entidade, os trabalhadores não têm contato com o pó do amianto.
De acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e outras entidades que defendem o banimento do amianto, apesar dos benefícios da substância para a economia nacional – geração de empregos, exportação, barateamento de materiais de construção -, estudos comprovam que a substância é cancerígena e causa danos ao meio ambiente.
ag

Governo anuncia mudança para facilitar pedido de passaportes

A Casa Civil anunciou nesta quarta-feira (29) uma medida que tem como objetivo facilitar os pedidos de passaporte.
Segundo o governo, os comprovantes de pagamento da taxa cobrada, de quitação com a Justiça Eleitoral e o certificado de reservista continuarão a ser exigidos, mas passarão a constar de um banco de dados ao qual a Polícia Federal terá acesso.
O objetivo, de acordo com a Casa Civil, é iniciar as mudanças ainda em dezembro deste ano e concluir a implementação do banco de dados em todo o país até o fim de 2018.
G1 procurou a Polícia Federal e aguardava mais informações até a última atualização desta reportagem.
Conforme informou o governo, os documentos exigidos para a emissão do passaporte continuam os mesmos:
  • RG;
  • CPF;

Ciclista bate recorde mundial de velocidade e chega a 202 km/h na BR 277


Na manhã deste domingo, 26, o ciclista profissional Evandro Portela alcançou uma marca histórica ao atingir a velocidade de 202 km/h, pedalando no vácuo de um carro e em estrada de rodagem comum. Por cerca de 30 minutos a BR 277, entre Curitiba e São José dos Pinhais, ficou interditada para testemunhar a maior velocidade já atingida por um ciclista em todo o mundo.
O atleta bateu o próprio recorde que havia sido 184 km/h,e aguarda agora a confirmação no Guinness Book. A avaliação pelos juízes do livro dos recordes será feita de forma online após a coleta de todos os dados e imagens.
“É uma emoção muito grande, um sonho conquistado e um grande desafio. Não foi fácil, enfrentei um vento contra de 20 km/h, que dificultou muito a minha progressão de velocidade. Quando estava em 190 km/h já não enxergava mais nada, a roda traseira já estava no ar, mas consegui controlar a bike e manter. Persisti e batemos a marca! Foi muito difícil, mas compensador”, afirmou Portela, via assessoria de imprensa.
O evento teve estrutura de segurança e apoio da Ecovia, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PR) e Prefeitura de São José dos Pinhais.

Como foi

Evandro iniciou pedalando até ganhar velocidade. Ao atingir 50 km/h, o atleta entrou no vácuo do carro e juntos aceleraram até chegar à velocidade final em uma distância de 11 quilômetros. O desafio foi homologado pela Associação de Comissários de Ciclismo do Paraná.
O equipamento de Evandro foi especialmente preparado para a ocasião. Todos os rolamentos da bicicleta são de cerâmica, que não têm atrito e suportam velocidades maiores. A roda da frente é de alumínio, mais pesada e, portanto, mais estável do que uma de carbono. Os raios da roda traseira são achatados e oferecem pouca resistência com o ar. A roupa foi desenvolvida para cortar o vento.
Gazeta do Povo 

Com ex-Corinthians entre novidades, Belo apresenta elenco para temporada de 2018

Em evento realizado no Teatro de Arena do Espaço Cultural, em João Pessoa, o Botafogo-PB apresentou para a imprensa e torcedores o elenco que já começou a pré-temporada visando o ano de 2018.
Para a temporada em que o clube da estrela vermelha vai disputar o Campeonato Paraibano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série C do Campeonato Brasileiro, vinte e três jogadores já foram apresentados à torcida, que compareceu em bom número e entoou cantos de apoio aos atletas.
Dos apresentados, três novidades chegaram ao clube. O zagueiro Lula, de 25 anos, que já atuou por clubes como Atlético Paranaense, Villa Nova de Minas Gerais e Moto Club, o meia Hiroshi, 31 anos, ex-Vila Nova de Goiás, Tupi-MG e Figueirense, antecipado pelo Voz da Torcida na última segunda-feira (27), e o também meia Marcos Aurélio, de 33 anos, que vestirá a camisa 10. Ele já atuou por clubes como Coritiba, Internacional, Corinthians, Sport, Ceará, entre outros, e disputou a última Série B pelo Luverdense-MT.
Se três chegam, o volante Magno, que tinha permanência acertada, não esteve no evento e também não constava na lista de atletas divulgada pelo clube, pois recebeu uma proposta e pode estar de saída da Maravilha do Contorno.
Na ocasião, o Botafogo-PB também apresentou seu uniforme para a próxima temporada, fabricada pelo seu novo fornecedor de material esportivo.
Confira os jogadores apresentados:
Goleiros: Remerson, Edson e João Manuel;
Laterais direitos: Felipe Cordeiro e Gedeilson;
Lateral esquerdo: Fábio Alves;
Zagueiros: André Santos, Walber e Gladstone, Lula;
Volantes: Patrick Mota, João Pedro (base), Djavan, Humberto;
Meias: Allan Dias, Carlos Renato, Marinho, Hiroshi, Marcos Aurélio;
Atacantes: Marllon, Tiago Farias, Nando e Dico.

Voz da Torcida 

Warley fala sobre montagem do elenco do Bota-PB e possibilidade da chegada de 'nomes de peso'

Vinte e um anos de carreira com a chuteira nos pés, e um faro de gol letal. Títulos importantes, experiência no futebol europeu e até Seleção Brasileira. A carreira de Warley Silva dos Santos no futebol foi longa, e rendeu boas recordações na memória do agora ex-atacante.
Agora, a realidade é de ocupar a função de gerente de futebol do Botafogo-PB, uma novidade. Anunciado no cargo administrativo poucas semanas após a sua última partida ainda como atacante do Belo, abraçou o novo desafio de seguir trabalhando diretamente no futebol, agora nos bastidores.
A primeira impressão para W9 tem sido positiva. Feliz com a nova rotina, tem se desdobrado para mostrar serviço. Ele afirma que já vinha praticando o lado gestor nos vestiários nos últimos anos, e conta que dentro do futebol conseguiu tirar lições importantes que vão ajudar no novo cargo.
– Toda mudança gera novas responsabilidades. Eu estou feliz com essa responsabilidade. Espero cumprir a altura todo carinho e confiança que estão depositando no meu trabalho. Fazia muito tempo que eu vinha gerindo vestiário. Como capitão, a gente também aprende muita coisa. Você vai ficando mais velho e vai aprendendo situações que ajudam no dia a dia. Nessa função, a responsabilidade aumenta mais ainda – disse.
– Estou trabalhando muito para que as coisas saiam do escritório para o campo da melhor maneira possível – continuou.
Sobre a pré-temporada, o gerente disse que a diretoria tem se reunido diariamente em busca das melhores peças para a montagem da equipe para disputar os campeonatos que preenchem o calendário do clube em 2018.
– Temos reuniões diárias para as contratações dos atletas. Cada qual dá seu voto, se municia de informações dos atletas, tanto dentro, como fora das quatro linhas. São coisas normais do futebol. Esperamos que os novos contratados possam se encaixar e dar a liga para os que os resultados venham – explicou.
A apresentação do novo elenco acontecerá na noite de hoje (28), no Teatro de Arena do Espaço Cultural, às 19h30. Os jogadores de contrato já assinado, bem como os remanescentes da temporada desse ano, serão revelados aos torcedores.
Nas últimas semanas, um nome forte, como o do atacante Marcos Aurélio, ex-Coritiba, e que atuou a Série B desse ano pelo Luverdense-MT, chegou a ser cogitado. Os meias Tchô, ex-Boa Esporte-MG, e Hiroshi, que atuou a segundona pelo Vila Nova-GO, também podem ser surpresa na apresentação de logo mais. Perguntado sobre possíveis contratações de peso maior, assim como o próprio foi, em 2013, deu risada, afirmando que a imprensa acabou atrapalhando as negociações.
– A gente estava até tentando, mas o pessoal da imprensa atrapalhou muito. Aí fica difícil. Já anunciamos o Gladstone, que jogou em grandes equipes. Espero que venha para nos ajudar. Tem outros que ainda vão se apresentar. Espero que venham, vendam um monte de camisa e façam muitos gols. Já temos também o Nando, que tem um grande histórico fazendo gols. Que venham e nos ajudem muito – finalizou.

Voz da Torcida 

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Berg publica vídeo agradecendo apoio da população e prometendo: ‘vamos dar a volta por cima’; assista




 O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima (sem partido, ex-Podemos), usou suas redes sociais nas primeiras horas desta quarta-feira (29) para publicar um vídeo onde agradece ao povo de Bayeux pelo apoio que recebeu enquanto esteve preso 5ª Batalhão de Polícia Militar.
“Gostaria de agradecer pelas orações. Estou bem, estou em casa, com a família e, se Deus quiser, vai dar tudo certo. Agradeço muito a toda a população de Bayeux que orou, clamou e pediu essa vitória que é a liberdade”, disse.
Berg deixou a prisão pouco depois das 21h de terça-feira, após o Tribunal de Justiça expedir um alvará de soltura, dando cumprimento à definição do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que decidiu colocá-lo em liberdade, após quase cinco meses detido.
“Sou muito grato a todos e, e se Deus quiser, com muita esperança e fé, vamos dar a volta por cima. Muito obrigado. Fé e luta”, arrematou.
Entenda o caso:
Berg Lima foi denunciado pelo Ministério Público por quatro crimes de concussão. Segundo o promotor Octávio Paulo Neto, coordenador do Gaeco, o crime de recebimento de vantagem indevida está previsto no artigo 316 do Código Penal.
Ele foi preso em flagrante por ter exigido e, efetivamente, recebido quantia da Empresa Sal & Pedra Restaurante Receptivo, através do proprietário da empresa, João Paulino de Assis.
A quantia teria sido paga em três ocasiões distintas, nos meses de abril, junho e julho, nos valores de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 3,5 mil, respectivamente, totalizando R$ 11,5 mil. Os valores foram entregues pessoalmente ao gestor municipal, como condição para que a Prefeitura pagasse parte da dívida que tinha para com a empresa. Berg Lima foi preso quando recebia a última parcela.


Yves Feitosa

Caminhão com carga de postes tomba na BR 230

Uma carreta com uma carga de postes tombou na BR-230, na noite de terça-feira (28), no sentido Campina Grande - João Pessoa.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu próximo ao Km 58. O material ficou espalhado na via, bloqueando o trecho. Não houve informações de outros veículos envolvidos no acidente e ninguém ficou ferido.
O Centro Integrado de Operações Policiais da PRF organizou um desvio para passagens dos veículos na rodovia até a retirada do material tombado no local.
T5 

TCE aprova licitação de R$ 19,4 milhões para compra de medicamentos excepcionais

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba aprovou à unanimidade, em sessão ordinária desta terça-feira (28), procedimento licitatório da Secretaria de Administração do Estado destinando R$ 19,4 milhões para compra de medicamentos excepcionais.
Relator do processo 10616/17, o conselheiro Arthur Cunha Lima propôs, e Câmara acompanhou seu voto, o julgamento regular, com ressalvas, do pregão presencial 080/2017. Ele acatou as explicações do órgão acerca de questionamentos da Auditoria sobre o edital, entre os quais ausência de pesquisa de preços, justificada em face do controle exercido, no caso a partir de 2012, pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).
COMBUSTÍVEIS – Na mesma sessão, sob relatoria do conselheiro substituto Antônio Cláudio Silva Santos, a 2ª Câmara aprovou o pregão presencial 004/2017, e contrato respectivo, da prefeitura de Soledade destinando R$ 1,5 milhão à compra de combustíveis e lubrificantes para a frota de veículos do município.
Por proposição do conselheiro Oscar Mamede Santiago Melo, foi concedido prazo de 30 dias para a prefeitura de São João do Rio do Peixe apresentar de documentos, entre os quais pesquisa de preços, relacionados ao pregão presencial 002/2017. Pelo certame, o município destinou R$ 2,1 milhões também para a compra de combustíveis e lubrificantes.
Sob a presidência do conselheiro Nominando Diniz, e para exame de uma pauta de 130 processos, a 2ª Câmara funcionou com as presenças dos conselheiros Arnóbio Viana e Arthur Cunha Lima, e também dos conselheiros substitutos Antônio Cláudio Silva Santos e Oscar Mamede Santiago Melo. Pelo Ministério Público de Contas, atuou o procurador Bradson Tibério Luna Camelo.
Assessoria 

Sindicato dos Oficiais de Justiça da PB manifesta apoio a policiais civis

O Sindicato dos Oficiais de Justiça da Paraíba manifestou através de seu presidente, Benedito Fonsêca, incondicional apoio à luta da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba por mudanças no Projeto de Lei encaminhado pelo Executivo estadual à Assembleia Legislativa, que trata de promoções, acumulações de delegacias e horas extras.
“Como categoria, reafirmamos integral apoio à pessoa da presidente da Aspol, Suana Melo, por entendermos ser mais do que justa essa luta por um tratamento com respeito e dignidade e melhores condições de trabalho. A Associação se propõe a um diálogo franco e aberto, que lamentavelmente não está receptividade por parte das autoridades, mas esperamos que venha a ocorrer”, afirmou Benedito.
Reconhecimento
A presidente da Aspol agradeceu o apoio, o qual considerou uma demonstração da qualidade que as entidades classistas têm no trabalho que fazem. “O Sindojus-PB é um Sindicato forte, que tem feito história não apenas atuado em defesa de sua categoria, como também na busca de parcerias consistentes e justas. Só temos a agradecer e buscar cada vez mais estreitar essa relação”, declarou.
Segundo ela, o PL 1.674 privilegia delegados de polícia civil no aspecto do número de vagas para classe especial, duplicado de 60 para 120 e não dá o mesmo tratamento para as outras categorias, pelo contrário, retirara 20 vagas dos agentes e 5 vagas dos técnicos em perícia. Outro exemplo de desigualdade citado por Suana, é o fato de na elaboração do projeto só terem sido ouvidos os representantes dos delegados.
Assessoria 

Mais de 1,1 mil cidades estão em alerta para dengue, zika e chikungunya

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (28) o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRa). O indicador aponta que 357 cidades estão em situação de risco para a ocorrência de dengue, zika e chikungunya, pois nelas mais de 9% dos imóveis visitados continham larvas do mosquito. Já 1.139 municípios estão em situação de alerta. Isso significa que entre 1% e 3,9% dos imóveis locais tinham larvas. E 2.450 municípios foram classificados como satisfatórios por apresentarem percentual menor de 1% para presença de larvas.
O LIRa analisou dados de 3.946 cidades, entre o início de outubro e a primeira quinzena de novembro. O número é considerado recorde e decorre da resolução da Comissão Tripartite, que tornou obrigatória, no início deste ano, a disponibilização das informações.
Cerca de 1.600 municípios não realizaram ou não informaram o índice de infestação. Caso isso não seja feito até o dia 14 de dezembro, quando será publicado o relatório final, as cidades serão apenadas com a suspensão da segunda parcela do Piso Variável de Vigilância em Saúde, conforme pactuado na comissão.
Regiões
Em relação às regiões, o Nordeste foi a que registrou o maior número de municípios em situação de alerta: 41% dos que enviaram as informações. Depois vem o Norte (40,4%), Centro-Oeste (20,1%), Sudeste (19,32%) e Sul (13,66%). No Centro-Oeste e no Nordeste, o maior número de focos foi registrado em depósitos de armazenamento de água, como em toneis e barris. O ministério aponta que a questão da força as famílias a armazenarem água. De acordo com o ministro, Ricardo Barros, equipes estão em campo para informar a população sobre como fazer o armazenamento, sem gerar criadouros do aedes.
Brasília - O ministro da Saúde, Ricardo Barros apresenta os dados do Levantamento Rápido de Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) e a nova campanha de combate ao mosquito (Valter Campanato/Agência Brasil)
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, apresenta campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti no verão Valter Campanato/Agência Brasil
Capitais
Em relação às capitais, estão em situação satisfatória Macapá, Fortaleza, Goiânia, Belo Horizonte, João Pessoa, Teresina, Curitiba, Rio de Janeiro e Palmas. As que estão em alerta são: Maceió, Manaus, Salvador, Vitória, Recife, Natal, Porto Velho, Aracaju e São Luís. As demais, inclusive a capital federal, Brasília, ainda não enviaram as informações.
Mobilização da sociedade
Para que os alertas não se transformem em problemas reais, sobretudo ao longo do verão que se aproxima, o ministro Ricardo Barros convocou a população a cooperar. “Trata-se de mobilização e só se resolve o combate ao mosquito se cada um assumir a sua responsabilidade. Não há força pública capaz de eliminar todos os focos. A sociedade tem que assumir a responsabilidade e fazer o seu trabalho”, afirmou.
Ele alertou que “nós estamos convocando a população para cuidar da eliminação dos focos e incorporar a sexta-feira sem mosquito”, dedicando parte deste dia ao combate. “O ciclo de vida do mosquito é de uma semana. Se nós trabalharmos com determinação, nós vamos reduzir o número de mosquitos e a infestação”, acrescentou.
Para estimular o combate ao Aedes aegypti, o Ministério da Saúde apresentou nova campanha de prevenção e combate ao mosquito, intitulada “Um mosquito pode prejudicar uma vida. E o combate começa por você”. As peças apresentam histórias reais de pessoas que sofreram com as doenças e começarão a ser veiculadas em dezembro. A iniciativa demandou investimento de R$ 18 milhões.
Além das ações de sensibilização, a pasta fez investimentos na ordem de R$ 17,6 milhões para a aquisição de 250 veículos com fumacê e 650 equipamentos de nebulização de inseticidas. Eles despejarão os larvicidas pyriproxyfen e malathion. A compra deste último foi suspensa, pois, segundo o órgão, há estoque suficiente para abastecer o país em 2017 e 2018.
O malathion é um inseticida autorizado para uso no Brasil, mas pode causar efeitos cancerígenos conforme organizações, como a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco). Questionado sobre o uso da substância, o ministro disse que ela é segura, mas ressaltou que tem compromisso com outras estratégias que tenham como foco a promoção da saúde, como saneamento, e defendeu o estímulo a novas formas de combate. “Nós eliminamos a última compra e vamos iniciar esse incentivo para as novas tecnologias terem espaço para se desenvolver”, apontou.
Menor ocorrência de doenças
O diretor do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis (DEVIT), Márcio Garcia, avaliou que a mobilização da população tem gerado conquistas. Ele apresentou dados que apontam taxas expressivas de diminuição. No caso da dengue, entre 2016 e a primeira quinzena de 2017, houve queda de 83,7%. A taxa média é de 116 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. Neste quesito, o Centro-Oeste preocupa, pois registra 476 casos. Houve redução de 73% dos casos graves de dengue e de 82,4% de mortes.
O cenário da chikungunya também não é o mesmo. O número de casos caiu 32%. No Nordeste, ainda é alta a incidência. A região concentra 76% de todas as ocorrências contabilizadas pelo órgão.
A zika também tem afetado menos a população, o que, segundo Garcia, corrobora com a possibilidade de se encerrar a situação de emergência decretada no início de 2016. Houve queda de 92,1%, entre 2016 e 2017.
Devido à grande incidência nos anos anteriores e ao desenvolvimento de microcefalia, cerca de 3 mil crianças acometidas pela doença têm recebido Benefício de Prestação Continuada (BPC). Para que elas recebam estímulos precocemente, foram instalados centros de reabilitação e qualificados profissionais em todo o Brasil.
Agência Brasil 

Mais de 85% já renovaram contratos do Fies; prazo termina quinta-feira

Termina na próxima quinta-feira (30) o prazo para renovação dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre deste ano. Até a manhã de hoje (28) , 1,09 milhão de alunos já haviam feito o aditamento, o que representa 85,1% do total de contratos previstos para este semestre.
Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), quem não renovar o contrato dentro do prazo ficará sem o financiamento para este semestre, mas poderá tentar novo aditamento no semestre que vem. O prazo para renovação do Fies já foi estendido duas vezes e, de acordo com o Ministério da Educação (MEC), não haverá mais prorrogação.
Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de ensino e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas faculdades no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).
Para os aditamentos simplificados, a renovação é formalizada com a validação do estudante no sistema. No caso do aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa) para finalizar a renovação.
Agência Brasil 

Mega-Sena pode pagar R$ 65 milhões nesta quarta

O sorteio 1.992 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 65 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quarta-feira (29) em Cardoso Moreira (RJ).
Segundo a Caixa Econômica Federal, se aplicado integralmente na poupança, o prêmio renderia R$ 305 mil ao mês ao ganhador. O valor também é suficiente para comprar 433 carros de luxo ou 130 apartamentos de R$ 500 mil, cada.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.
Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.
G1 

Warley fala sobre montagem do elenco do Bota-PB e possibilidade da chegada de 'nomes de peso'

Vinte e um anos de carreira com a chuteira nos pés, e um faro de gol letal. Títulos importantes, experiência no futebol europeu e até Seleção Brasileira. A carreira de Warley Silva dos Santos no futebol foi longa, e rendeu boas recordações na memória do agora ex-atacante.
Agora, a realidade é de ocupar a função de gerente de futebol do Botafogo-PB, uma novidade. Anunciado no cargo administrativo poucas semanas após a sua última partida ainda como atacante do Belo, abraçou o novo desafio de seguir trabalhando diretamente no futebol, agora nos bastidores.
A primeira impressão para W9 tem sido positiva. Feliz com a nova rotina, tem se desdobrado para mostrar serviço. Ele afirma que já vinha praticando o lado gestor nos vestiários nos últimos anos, e conta que dentro do futebol conseguiu tirar lições importantes que vão ajudar no novo cargo.
– Toda mudança gera novas responsabilidades. Eu estou feliz com essa responsabilidade. Espero cumprir a altura todo carinho e confiança que estão depositando no meu trabalho. Fazia muito tempo que eu vinha gerindo vestiário. Como capitão, a gente também aprende muita coisa. Você vai ficando mais velho e vai aprendendo situações que ajudam no dia a dia. Nessa função, a responsabilidade aumenta mais ainda – disse.
– Estou trabalhando muito para que as coisas saiam do escritório para o campo da melhor maneira possível – continuou.
Sobre a pré-temporada, o gerente disse que a diretoria tem se reunido diariamente em busca das melhores peças para a montagem da equipe para disputar os campeonatos que preenchem o calendário do clube em 2018.
– Temos reuniões diárias para as contratações dos atletas. Cada qual dá seu voto, se municia de informações dos atletas, tanto dentro, como fora das quatro linhas. São coisas normais do futebol. Esperamos que os novos contratados possam se encaixar e dar a liga para os que os resultados venham – explicou.
A apresentação do novo elenco acontecerá na noite de hoje (28), no Teatro de Arena do Espaço Cultural, às 19h30. Os jogadores de contrato já assinado, bem como os remanescentes da temporada desse ano, serão revelados aos torcedores.
Nas últimas semanas, um nome forte, como o do atacante Marcos Aurélio, ex-Coritiba, e que atuou a Série B desse ano pelo Luverdense-MT, chegou a ser cogitado. Os meias Tchô, ex-Boa Esporte-MG, e Hiroshi, que atuou a segundona pelo Vila Nova-GO, também podem ser surpresa na apresentação de logo mais. Perguntado sobre possíveis contratações de peso maior, assim como o próprio foi, em 2013, deu risada, afirmando que a imprensa acabou atrapalhando as negociações.
– A gente estava até tentando, mas o pessoal da imprensa atrapalhou muito. Aí fica difícil. Já anunciamos o Gladstone, que jogou em grandes equipes. Espero que venha para nos ajudar. Tem outros que ainda vão se apresentar. Espero que venham, vendam um monte de camisa e façam muitos gols. Já temos também o Nando, que tem um grande histórico fazendo gols. Que venham e nos ajudem muito – finalizou.

Voz da Torcida 

Acidente da Chapecoense, 1 ano depois: veja perguntas e respostas sobre a tragédia

Um ano depois da tragédia da Chapecoense,que deixou 71 mortos e seis feridos no dia 29 de novembro de 2016 na Colômbia, a investigação sobre a responsabilidade da queda do avião ainda está em tramitação. Os governos da Colômbia, Bolívia e Brasil estão envolvidos nos processos investigativos.
Áudios divulgados por um jornal boliviano reiteram a informação divulgada pelo G1 em novembro que a aeronave que caiu, da LaMia, pode ter donos venezuelanos. Com isso, o governo da Venezuela também pode se envolver no caso.
G1 recaptula em um infográfico as principais pessoas suspeitas de envolvimento no acidente. Confira:

O acidente

O avião partiu na noite de 28 de novembro de 2016 de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, com destino a Medellín, na Colômbia, onde a Chapecoense iria disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. O jogo estava marcado para o dia 30 de novembro.
A aeronave caiu a poucos quilômetros da cidade colombiana, à 1h15 (horário de Brasília) de 29 de novembro de 2016.

Veja perguntas e respostas sobre a investigação

  • Quem é o dono da aeronave que caiu?
No papel, a LaMia pertence a Miguel Quiroga, que era o piloto do avião e morreu no acidente, e a Marco Antonio Rocha, que está foragido.
Entretanto, documentos apontam que a negociação do fretamento da aeronave com a Chapecoense teve a participação da venezuelana Loredana Albacete Di Bartolomé. Ela e o pai dela, o ex-senador venezuelano Ricardo Alberto Albacete Vidal, são suspeitos de serem os verdadeiros donos da LaMia. O G1 não conseguiu contato com os Albacete.
  • Por que a aeronave caiu?
Relatório preliminar divulgado pela autoridade de aviação civil colombiana apontou que a aeronave estava sem combustível.
  • Quem autorizou o voo?
A assinatura que está no carimbo do plano de voo da companhia LaMia, que levou o time da Chapecoense até Medellín, é da ex-funcionária da Administração de Aeroportos e Serviços Auxiliares de Navegação Aérea da Bolívia (Aasana) Célia Castedo.
No entanto, ela fez cinco observações questionando o documento. Entre elas, o fato de o tempo de voo ser idêntico ao da autonomia da aeronave, ou seja, sem margem de segurança.
Em áudios, Alex Quispe, despachante da empresa aérea Lamia, disse à Célia: "Faremos [o voo] em menos tempo, não se preocupe". Assim, o voo foi autorizado. Quispe morreu no acidente.
  • Alguém foi preso?
O governo boliviano responsabilizou quatro pessoas pelo caso. O diretor-geral da LaMia, Gustavo Vargas Gamboa, acusado por diversos crimes, entre eles o de homicídio culposo, foi preso em 2016.
O filho dele, Gustavo Vargas Villegas, diretor de Registro Aeronáutico Nacional da Direção Geral de Aeronáutica Civil (DGAC), também foi preso por autorizar em 2014 a importação e matrícula provisória do avião da companhia aérea.
O diretor de Operações de LaMia, Marco Antonio Rocha Venegas, está foragido. Celia Castedo é acusada de homicídio culposo na Bolívia e renovou pedido de refúgio no Brasil na segunda-feira (27). Ela mora em Corumbá (MS).
  • Alguém foi indenizado?
Não. Apenas foi pago o seguro obrigatório da Chapecoense. A seguradora da LaMia, a boliviana Bisa, se negou a pagar o seguro de US$ 25 milhões porque entendeu que o piloto e dono da empresa deliberadamente voou sem combustível, colocando em risco a segurança da aeronave e dos passageiros.
A Bisa se propôs a dar US$ 200 mil para cada família de passageiro, por "razões humanitárias", desde que os familiares desistam de processar pessoas ligadas à LaMia. Esse valor não foi aceito até o momento.
G1 

Full-Width Version

false
Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter